Série C: Técnico do Brusque projeta decisão contra o Ituano

Vice-líder do Grupo C com seis pontos, uma vitória coloca o Brusque na Série B de 2021

por Agência Futebol Interior

Brusque, SC, 10 (AFI) - O Brusque pode conquistar o tão sonhado acesso à Série B do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (11). Para isso, o Quadricolor terá de vencer o Ituano, que também briga por uma vaguinha na segunda divisão nacional de 2021. A bola rola no Augusto Bauer às 20h, pela quinta e penúltima rodada do quadrangular final da Série C.

DECISÃO

Vice-líder do Grupo C com seis pontos, uma vitória coloca o Brusque na Série B de 2021. Por isso, o treinador Jerson Testoni avalia a partida como um jogo histórico e afirma que a equipe está preparada para o duelo decisivo.

Foto: Jefferson Alves / Brusque
Foto: Jefferson Alves / Brusque

"Eu sempre falo para os nossos atletas, estamos prestes a fazer um jogo histórico, que é muito importante para o clube, para a cidade, pro torcedor. Quando chegamos para uma partida dessas, a gente não se prepara em uma semana, então temos que estar preparados desde o início da nossa pré-temporada, acho que todos os treinamentos, todo o período que a gente vem trabalhando junto para chegar nesse momento. Sabemos da dificuldade que vamos enfrentar, vamos jogar contra uma equipe muito competitiva também, o jogo vai ser definido em detalhes", disse o treinador.

VAI MUDAR

Testoni não poderá repetir a escalação do Brusque para a partida contra o Ituano, após três rodadas seguidas colocando o mesmo time em campo. Na última rodada, na vitória por 3 a 0 diante do Vila Nova, fora de casa, o volante Rodolfo Potiguar recebeu seu terceiro cartão amarelo e está suspenso para a partida contra os paulistas. Com a saída do experiente jogador, Guilherme Escuro deve compor a volância com Zé Mateus.

"Vamos nos entregar, dar o nosso máximo como a gente sempre tenta fazer nos jogos. Uma equipe bem equilibrada, com muita disposição para ir em busca desse objetivo", finalizou Testoni.

Assim, o Brusque deve ir à campo com: Ruan Carneiro; João Carlos, Ianson, Everton Alemão e Aírton; Zé Mateus, Guilherme Escuro e Thiago Alagoano; Edílson, Garcez e Marco Antônio.