Série D: Com Hamilton 100%, Manaus-AM ainda terá volta de Nena no ataque

O meia-atacante Hamilton está 100% fisicamente, assim como Nena, que voltará ao time após duas partidas

por Agência Futebol Interior

Manaus, AM, 05 (AFI) - O meia-atacante Hamilton, ídolo do Manaus FC, se diz 100% recuperado da cirurgia do joelho direito e promete deixa sua marca de goleador e partir para o abraço no duelo entre o time da casa e o Imperatriz do Maranhão. A partida válida pela volta das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D 2018 acontece neste domingo, às 17h, no estádio da Colina. Quem avançar à próxima etapa garante classificação para a Série C 2019.

“É um momento importante não só para o Manaus FC, mas como para o futebol amazonense. Vamos tentar conseguir esse acesso para a Série C e mudar o futebol amazonense”, disse o camisa 25 pouco antes do treino desta quinta-feira, 5 de julho, no estádio Carlos Zamith.

Depois de ficar fora da primeira e segunda fases da competição, o “Ibrahimovic da Amazônia” retornou na dramática partida em que o Gavião do Norte eliminou o Rio Branco nos pênaltis, que valeu a volta da terceira fase da Série D.

(Foto: Emanuel Siqueira Mendes/Manaus FC)
(Foto: Emanuel Siqueira Mendes/Manaus FC)

Naquele confronto Hamilton teve bom desempenho com passes precisos, cabeçadas perigosas e a visão de jogo diferenciada na distribuição das jogadas. Na derrota por 1 a 0 diante do Imperatriz n último domingo, ele chegou a cabecear uma bola na trave no primeiro tempo. Na Colina, ele promete balançar as redes e comemorar com a galera.

“Estou 100% e estamos voltando aí. A torcida pode esperar um golzinho, com certeza”, concluiu o “Mito”, escolhido como craque das duas últimas edições do Campeonato Amazonense.

FORÇA MÁXIMA
Com Hamilton 100% e o retorno do atacante Nena, que estava sentindo dores nas costas e não jogou as últimas duas partidas, o Manaus irá com força máxima para a partida que decidirá o acesso. O técnico Aderbal Lana não possui desfalques por lesões ou cartões.

Com isso, a provável escalação do Manaus conta com: Jonathan; Deurick, Maceió e Paulão; Tiago Granja , Juninho, Amaral e Negueba; Nena (Jean Carlos), Rossini e Hamilton.

O último acesso conquistado por um clube do Amazonas em competições nacional foi no ano de 1999, quando o São Raimundo-AM subiu da Série C para a Série B, junto com o Fluminense, que acabou indo direto para a SèrieA na Copa João Havelange.

 
 
" />