Botafogo-SP 0 x 0 América-MG - Pantera volta a tropeçar na Série B

O time de Ribeirão Preto está a cinco jogo sem vencer na Série B, enquanto o Coelho segue em ascensão.

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 07 (AFI) - Não foi desta vez que o Botafogo-SP voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B. Na manhã deste sábado, o time paulista só empatou com o América-MG, por 0 a 0, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 21ª rodada da competição. São cinco jogos sem vitória e a distância cada vez maior para o G4.

Em compensação, o América-MG chegou ao oitavo confronto sem derrota, comprovando a ascensão no campeonato sob o comando do técnico Felipe Conceição. Os mineiros tiveram chances de sair com a vitória do interior paulista, mas pecaram nas finalizações.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS !

MESMAS POSIÇÕES
Com o resultado, o Botafogo chegou aos 29 pontos e se manteve na nona posição. Time paulista iniciou o campeonato somando muitos pontos e inclusive brigando pela liderança, mas caiu de produção desde a troca de técnico, quando Hemerson Maria substituiu Roberto Cavalo.

Já o América-MG, que chegou a figurar na zona de rebaixamento, agora aparece em 12º lugar com 26 pontos conquistados. Os mineiros sonham em emplacar nova sequência de vitórias para encostar nos clubes que sonham com o acesso ao Brasileirão de 2020.

AMÉRICA-MG MELHOR
Mesmo fora de casa, o América-MG começou o jogo criando as melhores chances de gol. Logo aos dois minutos, Juninho cruzou pelo lado direito na área e o goleiro Darley saiu estabanado. Marcelo Toscano ajeitou a bola e tocou para William Maranhão finalizar pela linha de fundo.

Depois, aos seis minutos, Leandro Silva tocou para William Maranhão, que novamente finalizou de fora da área, mas desta vez perto do travessão botafoguense. A do time de Ribeirão Preto veio apenas aos 12 minutos, quando Leonan cobrou escanteio e Marlon Freitas, sozinho, cabeceou por cima do gol de Jori.

Com a sequência da primeira etapa os times mostraram nervosismo com a bola nos pés e erraram muitos passes. Algo fora do normal para dois times que almejam algo a mais na competição. Nem mesmo a parada técnica e instruções dos treinadores melhorou o confronto até o apito para o intervalo.

Botafogo viveu altos e baixos na manhã deste sábado
Botafogo viveu altos e baixos na manhã deste sábado

MAIS EQUILÍBRIO
No segundo tempo o América-MG voltou com postura mais ofensiva e até melhor com a entrada de Neto Berola no lugar de Felipe Azevedo. Aos sete minutos, Leandro Silva cruzou na área e Marcelo Toscano, sem marcação, mandou para fora. Depois, aos oito, Neto Berola partiu em contra-ataque e perdeu gol incrível cara a cara com Darley.

Aos 19 minutos o time mineiro criou outra chance de abrir o placar. Zé Ricardo dominou de fora da área e chutou forte com a perna esquerda. O goleiro Darley se esticou todo e mandou para escanteio. Dois minutos depois foi a vez de Marcelo Toscano arriscar e assustar o camisa 1 do time paulista.

O Botafogo precisou de 28 minutos para criar a primeira oportunidade na etapa final. Pará fez jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para o atacante Henan, que finalizou com a perna canhota por cima do travessão. Depois, aos 29 minutos, Nadson chutou colocado e a bola passou raspando a trave esquerda de Jori. A bola ainda desviou em Paulão, dificultando ainda mais a defesa do camisa 1.

Antes do apito final, aos 38, os paulistas chegaram a marcar com Henan, mas o atacante estava em posição irregular, bem assinalada pelo auxiliar. Resultado justo em Ribeirão Preto.

PRÓXIMOS JOGOS
O Botafogo-SP voltará a campo na sexta-feira para enfrentar o São Bento, às 19h15, novamente no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Já o América-MG, na terça-feira, receberá o Criciúma, às 21 horas, no Independência, em Belo Horizonte.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
21ª rodada
Data
07/09/2019
Horário
11h00
Local
Santa Cruz - Ribeirão Preto (SP)
Árbitro
Alisson Sidnei Furtado (TO)

Renda
R$ 39.375,00
Assistentes
Fabio Pereira (TO) e Natal da Silva Ramos Júnior (TO)

Público
5.179 pagantes
Botafogo-SP
Darley;
Lucas Mendes, Luiz Otávio, Leandro Amaro e Pará;
Pablo, Marlon Freitas e Leonan (Nadson);
Murilo Henrique, Rafael Costa (Henan) e Erick (Diego Gonçalves).
Técnico: Hemerson Maria
América-MG
Jori;
Leandro Silva, Ricardo Silva, Paulão e João Paulo;
William Maranhão (Matheusinho), Zé Ricardo (Flávio) e Juninho;
Felipe Azevedo (Neto Berola), Marcelo Toscano e Júnior Viçosa.
Técnico: Felipe Conceição