Juventude 0 x 1 Ponte Preta - Macaca rebaixa mais um e cola no G4

No último final de semana, o time campineiro havia rebaixado o Boa Esporte para a Série C

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 09 (AFI) - A Ponte Preta rebaixou mais um clube na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira, o time campineiro venceu o Juventude, por 1 a 0, em pleno Alfredo Jaconi, e manteve vivo o sonho de conquistar o acesso à elite.

Com seis vitórias e um empate sob o comando de Gilson Kleina, a Ponte Preta entrou de vez na briga ao subir para a quinta colocação, com 56 pontos, um a menos que o quarto colocado Avaí, que enfrenta o Fortaleza, neste sábado, em Florianópolis.

SEGUNDO REBAIXADO
A terceira derrota seguida rebaixou matematicamente o Juventude para a Série C. Com apenas 35 pontos, o time gaúcho não pode mais passar o CRB - ficaria atrás no número de vitórias em caso de empate - e faz companhia ao Boa Esporte, que também caiu depois de perder para a Ponte Preta também por 1 a 0.

EMOÇÕES NA RÁDIO FI

As emoções deste jogo decisivo para a Macaca foram transmitidas, ao vivo pela Rádio WEB Futebol Interior

com narração de Carlos Corsato, reportagens de Marcelo Corsato e comentários de Claudinei Corsi. No comando geral do PLACAR AO VIVO esteve Luis Fabiani, com Giovane Paiola nas Redes Sociais.

POUCOS LANCES

Não podendo pensar em outro resultado se não a vitória para continuar sonhando em permanecer na Série B, o Juventude começou a partida pressionando a Ponte Preta. A principal aposta era nas bolas aéreas. Já a Macaca não conseguia trocar passes. Aos 14, Pará só não abriu o placar porque Ruan desviou para escanteio.

A primeira finalização da Ponte veio apenas aos 22 minutos, mas o chute foi muito longe do gol de Douglas Silva. A Macaca tinha uma postura muito defensiva e abusava dos chutões, principalmente com o zagueiro Renan Fonseca. A torcida presente no Alfredo Jaconi já começava a mostrar insatisfação.

A Ponte Preta manteve vivo o sonho do acesso e rebaixou o Juventude (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)
A Ponte Preta manteve vivo o sonho do acesso e rebaixou o Juventude (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)

Na melhor oportunidade do primeiro tempo, aos 39, Danilo Barcelos cruzou na medida e Tiago Real cabeceou pela linha de fundo. Na sequência, Ruan cruzou e Lucas Mineiro desviou de cabeça para fora. A Macaca acordou nos minutos finais e quase marcou em chute forte de Júnior Santos.

PRESSÃO ALVIVERDE
Antes mesmo do primeiro minuto, Hugo Sanches soltou a bomba de fora da área e Ivan espalmou. No rebote, Vidal chegou desequilibrado e pediu um empurrão de Danilo Barcelos, mas o árbitro nada marcou. Na sequência foi a vez da Ponte Preta reclamar de um pênalti não marcado em Renan Fonseca.

O Ju pressionava demais e levava perigo nas bolas aéreas. Aos 14, Douglas Kemmer girou em cima da marcação e soltou a bomba, assustando Ivan. Depois foi a vez de Esquerdinha arriscar de fora da área. A Ponte Preta errava muitos passes. O gol alviverde parecia questão de tempo.

Aos 21, Esquerdinha foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Hugo Sanches chegou batendo de primeira na rede pelo lado de fora. No contra-ataque, Ruan cruzou e Victor Rangel, dentro da pequena área, desviou por cima do travessão. Depois, a falta de Danilo Barcelos passou raspando a trave.

MACACA NA FRENTE E SUSTO
A Ponte Preta marcou aos 31 minutos. Roberto tabelou com Victor Rangel dentro da área e bateu por baixo das pernas de Douglas Silva. O gol ia rebaixando o Juventude e os poucos torcedores que foram ao Alfredo Jaconi começaram a ir embora do estádio.

O Juventude desperdiçou uma chance incrível de deixar tudo igual aos 43. Hugo Sanches fez boa jogada individual e cruzou na segunda trave. Com o gol aberto, Esquerdinha mandou para fora. Nos acréscimos, Ruan ainda desperdiçou a chance de ampliar ao acertar a rede pelo lado de fora.

PRÓXIMOS JOGOS
O Juventude volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Fortaleza, às 18h15, na Arena Castelão, em Fortaleza, enquanto a Ponte Preta recebe o Coritiba, na terça-feira, às 21h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Os jogos são válidos pela penúltima rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
09/11/2018
Horário
20h30
Local
Alfredo Jaconi - Caxias do Sul (RS)
Árbitro
Rodrigo Batista Raposo (DF)

Assistentes
José Reinaldo Nascimento Júnior (DF) e Luciano Benevides de Sousa (DF)

Cartões Amarelos
Juventude-RS: Bonfim
Ponte Preta-SP: Tiago Real

Gols
Ponte Preta-SP: Roberto 31' 2T
Juventude-RS
Douglas Silva;
Vidal, Wagner, Bonfim e Neuton (Esquerdinha);
Diones (Felipe Lima), Lucas, Tony, Denner (Douglas Kemmer) e Pará;
Hugo Sanches.
Técnico: Luiz Carlos Winck.
Ponte Preta-SP
Ivan;
Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos;
Nathan, Lucas Mineiro, Paulinho (Victor Rangel) e Tiago Real (André Castro);
Júnior Santos (Roberto) e André Luis.
Técnico: Gilson Kleina.
 
 
" />