Seleção do Brasileirão com técnico revelação, Fenômeno e líderes

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 8 (AFI) - O Campeonato Brasileiro deste ano é um dos mais equilibrados dos últimos tempos, e apenas três pontos afastam o líder São Paulo do quarto colocado Atlético-MG. O grande vencedor da 34ª rodada, que começou com a vitória do Tricolor Paulista sobre o Grêmio, na última quarta-feira, foi o próprio São Paulo, que empatou no Sul e assumiu a liderança isolada da competição, dependendo somente de suas forças para comemorar o heptacampeonato.

Veja também:
Brasileirão: Palmeiras perde, São Paulo lidera e Fla encosta

Assim, a Seleção FI chega com dois do líder: o goleiro Rogério Ceni e o zagueiro Miranda, principais personagens do empate heróico. Ainda entram na Seleção da rodada craques consagrados do quilate de Ronaldo Fenômeno, e a promessa Neymar, do Santos. No comando da equipe está o técnico Andrade (foto), que se firmou no Flamengo e mostra muita competência no cargo.

A Seleção FI da 34ª rodada tem a seguinte escalação: Rogério Ceni (São Paulo); Luis Ricrdo (Avaí), Miranda (São Paulo), Leonardo Silva (Cruzeiro) e Márcio Careca (Barueri); Maldonado (Flamengo), Diogo (Fluminense), Conca (Fluminense) e Neymar (Santos); Zé Roberto (Flamengo) e Ronaldo (Corinthians).

Confira os melhores da rodada:

Goleiro: Rogério Ceni (São Paulo) - O veterano goleiro Tricolor mostra que o tempo parece não passar para ele. Na vitória sobre o Grêmio, o experiente camisa 1 pegou tudo e evitou o empate do time gaúcho com uma defesa espetacular no finalzinho da partida.

Lateral-direito: Luís Ricardo (Avaí) - Atacante de origem, o jogador atua como ala no Avaí, sendo uma das principais opções ofensivas do time catarinense. Contra o Vitória não foi diferente, e o jogador era uma "válvula de escape" do técnico Silas, aparecendo com frequência no ataque.

Zagueiro: Miranda (São Paulo) - Referência da defesa Tricolor, o zagueiro teve mais uma atuação de destaque, segurando o ataque do Grêmio mesmo com três jogadores a menos após as expulsões de Dagoberto, Jean e Borges. Com excelente posicionamento e muita tranquilidade, vive grande fase.

Zagueiro: Leonardo Silva (Cruzeiro) - Depois de ficar um tempo afastado em virtude de uma contusão, o zagueiro mostra que vai voltando a boa forma. Na vitória sore o Sport, comandou o setor defensivo cruzeirense, e de quebra foi a frente para fazer o gol de empate de cabeça.

Lateral-esquerdo: Márcio Careca (Barueri) - O lateral do Barueri teve mais uma atuação de destaque no empate com o Internacional. Além de mostrar qualidade na marcação, ainda chegou bem ao ataque e fez o gol do Barueri, é bem verdade que contando com a ajuda do goleiro Lauro, que engoliu um frangaço.

Volante: Maldonado (Flamengo) - com a eficiência de sempre, ainda encontrou tempo para chegar à frente e marcar um belo gol, o segundo da vitória flamenguista Dono do meio-campo Rubro-negro, o chileno foi um verdadeiro leão em campo. Além de marcar diante do Atlético-MG.

Volante: Diogo (Fluminense) - conseguiu? Basta olhar o placar e quantas tentativas teve o palmeirense. Diogo foi muito bem em campo e se estivesse no elenco do Foi o responsável por brecar e anular as jogadas de Diego Souza, do Palmeiras. Será que ele Flu desde o início do Brasileirão, a situação do time carioca na classificação seria outra.

Meia: Conca (Fluminense) - livrar da “patadas” de Marcão e companhia. O craque do Flu está levando o time à salvação e se conseguir, merece uma estátua nas O armador argentino deitou e rolou na marcação palmeirense. Conca mostrou muita agilidade para se Laranjeiras.

Meia: Neymar (Santos) - O "Menino Prodígio" entrou no começo do segundo tempo, e com dribles desconcertantes colocou fogo no jogo. Com muita habilidade e ousadia, marcou dois golaços e garantiu a vitória do Santos sobre o Náutico, que afastou o Peixe da parte de baixo da tabela.

Atacante: Ronaldo (Corinthians) - sono dos adversários. Que o diga os zagueiros do Santo André, que viram o Fenômeno marcar um golaço com direito a pedalada, O camisa 9 do Timão dispensa comentários e mesmo visivelmente acima do peso ainda tira o e ainda dar um belo passe para o gol de Dentinho.

Atacante: Zé Roberto (Flamengo) - Mineirão. Com muita velocidade e habilidade, puxou a maioria dos contra-ataques e mostrou estar voltando aos bons tempos do O atacante infernizou a defesa atleticana e foi o principal destaque da vitória do Flamengo no Botafogo.

Técnico: Andrade (Flamengo) - O treinador sempre foi questionado e visto com desconfiança na Gávea, apesar de seu histórico como jogador. Na vitória sobre o Atlético-MG, mostrou muito conhecimento tático, ao anular as principais armas atleticanas e fazer com que o Rubro-negro atuasse com inteligência, marcando forte e saindo com velocidade nos contra-ataques.