Conhecedor da base, técnico alcança semifinal com 100% de aproveitamento pelo Atlético-GO

Alan George faz campanha irretocável à frente do sub-17 do Dragão

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 12 (AFI) - O sub-17 do Atlético Goianiense conquistou classificação à semifinal da Taça Mané Garrincha ao confirmar o favoritismo e vencer o Itaberaí por 2 a 0, em duelo de volta das quartas de final - na ida, fez 2 a 1.

Agora, o Dragão mede forças com o rival Goiás, em duas partidas, para decidir o finalista da competição. No embate goianiense pelo segundo turno, o Esmeraldino foi superado por 1 a 0.

BOA FASE

Após chegada de Alan George para assumir a área técnica, o clube atleticano ostenta campanha irretocável, com 100% de aproveitamento.

Sob comando do profissional, já são nove jogos, nove vitórias, 27 gols marcados e apenas três sofridos.

"Muito feliz com o desempenho dos garotos, mas agora é outro campeonato. São dois jogos para se decidir o finalista. Temos de estar focados na primeira partida, na casa do adversário, para tentar abrir vantagem", projetou o treinador.

Alan George tem campanha perfeita à frente do Atlético-GO
Alan George tem campanha perfeita à frente do Atlético-GO

NOVATO

O treinador chegou ao time de Goiânia há menos de dois meses.

Embora tenha como pretensão confirmar a boa campanha com o título da Taça Mané Garrincha, a principal meta é revelar talentos ao elenco profissional.

"Temos sempre que agarrar, com muita dedicação, as oportunidades dadas. Quero, sim, realizar grande trabalho no Atlético e poder oferecer ao clube toda minha contribuição no que se refere à categoria de base", falou.

CURRÍCULO

Com 27 anos de carreira à beira do gramado, Alan George estreou no sub 17 do Dragão na Taça Mané Garrincha ao superar a Aparecidense por 4 a 2.

Essa é a primeira experiência do treinador em um clube da capital e, agora, espera corresponder à oportunidade.

Antes de acertar com o Atlético-GO, Alan dirigiu o sub 19 do Anápolis e faturou o título da Segunda Divisão.

Ele ainda trabalhou em vários clubes como auxiliar técnico - o último foi o Velo Clube, quando comandou a agremiação de Rio Claro em sete jogos na Série A2 do Campeonato Paulista.