Fluminense Cruzeiro
Fluminense 2 x 1 Cruzeiro - De cabeça, Tricolor sai na frente da Raposa

Em noite de gols de cabeça, Tricolor larga na frente do Cruzeiro no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil

Os times voltam a se enfrentar no dia 12 de julho, no Mineirão.

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 23/06/2022

Fluminense larga na frente do Cruzeiro
Fluminense larga na frente do Cruzeiro (Foto: André Durão)

Rio de Janeiro, RJ, 23 (AFI) – Em jogo que só teve gols de cabeça, melhor para o Fluminense que venceu o Cruzeiro por 2 a 1, jogando no Maracanã, na noite de quinta-feira (23), pelo jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil. Os times voltam a se enfrentar no dia 12 de julho, no Mineirão.

O Tricolor só conseguiu abrir o placar depois que Geovane foi expulso pela Raposa. Já nos acréscimos, Manoel abriu o placar e Oliveira empatou. No inicio do segundo tempo, Cano desempatou partida, em jogo em que todos os gols foram de cabeça.

Agora o Fluminense joga pelo empate em Minas Gerais, já o Cruzeiro, tem que vencer por dois gols de diferença para avançar diretamente, senão a vaga será decidida nos pênaltis.

FLUMINENSE INTENSO

O Fluminense começou o jogo no 220 Volts. Intenso como costuma ser, o time de Fernando Diniz partiu para cima do Cruzeiro. Logo no primeiro minuto quase abriu o placar com Germán Cano. O argentino ficou sozinho na segunda trave e chutou de chapa e Bidu apareceu para tirar a bola em cima da linha. O lance deixou mais agitado o Tricolor que avançou mais suas linhas e forçava o erro do Cruzeiro.

Sufocando o time mineiro, o Fluminense chegou a abrir o placar com Cano, mas o lance foi revisado pelo VAR, que denunciou um impedimento de Arias, no início da jogada.O Tricolor invertia os lados o que bagunçava a zaga cruzeirense. Primeiro na direita, com Samuel Xavier, em chute cruzado aos 22 minutos, para boa defesa de Rafael. Depois pelo lado esquerdo com André, aos 26, o volante recebeu de Ganso e chutou forte, em outra grande defesa do arqueiro celeste.

O que já estava ruim ficou pior para o Cruzeiro com a expulsão do lateral direito Geovane. Na dividida com Nonato, o lateral chegou de sola na canela do volante. De momento o juiz mostrou o cartão amarelo, mas após revisão do VAR, alterou a cor para vermelho. Com a superioridade numérica ficou mais fácil para o Fluminense que abriu o placar com Manoel, aos 45 minutos. Ganso ergueu a bola na área e o zagueiro fez valer a “lei do ex” e de cabeça mandou pro fundo das redes.

EMPATE NO FIM

O que parecia se encaminhar para um final tranquilo para o Fluminense, mudou em uma desatenção de Fábio, que enfrenta sua ex-equipe pela primeira vez. Aos 50 minutos, Zé Ivaldo viu o goleiro adiantado e do meio de campo tentou surpreendê-lo. A bola se encaminha para a linha de fundo, mas por garantia, Fábio desviou com as mãos. Na cobrança de escanteio, Oliveira subiu sozinho na primeira trave e empatou a partida.

Cruzeiro soube administrar a pressão do Fluminense
Cruzeiro soube administrar a pressão do Fluminense (Foto: Staff Images/Cruzeiro)

FAZ O L

Na volta do intervalo, o Fluminense voltou mais pilhado, como na primeira etapa, no minuto inicial o time já arriscava ao gol adversário. E aos 10 minutos, Germán Cano guardou mais um com a camisa Tricolor. O atacante sozinho na pequena área só escorou de cabeça o cruzamento de Arias.

Com o apoio da torcida, os donos da casa continuavam no ataque, querendo ampliar a vantagem para o jogo de volta. Aos 23, André emendou um chutaço no travessão de Rafael Cabral. O Cruzeiro não chegava ao gol, tão pouco finalizava, mas conseguiu administrar a pressão Tricolor.

Fernando Diniz queria vantagem maior ficou com seis atacantes em campo. Luiz Henrique, Arias, Cano, John Kennedy, Matheus Martins e Caio Paulista tentaram de todas as maneiras, mas não conseguiram superar a parede azul ao menos mais uma vez.

JOGO DE VOLTA

Os times voltam a se enfrentar no dia 12 de julho, no Mineirão. Antes as equipes tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Na Série A, o Fluminense tem o clássico contra o Botafogo, no domingo (26). Pela Série B, o Cruzeiro enfrenta o Sport, na terça-feira (28).

FICHA TÉCNICA

Fluminense
Fluminense
2 1
Cruzeiro
Cruzeiro
Fase Fase:
Oitavas de Final
Fase Rodada:
1ª Rodada
Fase Data:
23/06/2022
Fase Hora:
7:00 pm
Fase Arbitro:
André Luiz de Freitas Castro (GO)
Fase Assistentes:
Bruno Raphael Pires (Fifa) (GO) e Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa) (GO)
Fase Estádio:
Maracanã
Fase Público:
46.325 pagantes
Fase Endereço:
Rio de Janeiro – RJ
Fase Renda:
R$ 1.333.727,50
Fase Cartões Amarelos:
Fluminense: Arias, Samuel Xavier e André
Cruzeiro: Edu, Zé Ivaldo, Pedrão e Willian Oliveira
Fase Cartões Vermelhos:
Cruzeiro: Geovane
Fase GOLS:
Fluminense: Manoel 45’/1T; Cano 10’/2T
Cruzeiro: Oliveira 50’/1T

Confira também: