Flamengo x Chapecoense - Verdão pode calar o Mengão na Ilha?

Nos últimos cinco jogos, os catarinenses colecionam três derrotas e duas vitórias

Se há duas semanas a Chapecoense era líder do Campeonato Brasileiro, hoje o time busca forças para reencontrar as vitórias e se manter na parte de cima da classificação

Por: Agência Futebol Interior, 21/06/2017

0002050249624 img

Rio de Janeiro, RJ, 21 (AFI) – Se há duas semanas a Chapecoense era líder do Campeonato Brasileiro, hoje o time busca forças para reencontrar as vitórias e se manter na parte de cima da classificação. Nesta quinta-feira, às 21 horas, o grupo de Vagner Mancini viaja até o Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo no estádio Luso Brasileiro, pela 9ª rodada da competição. Nos últimos cinco jogos, os catarinenses colecionam três derrotas e duas vitórias – contra Cruzeiro e Vasco.

Desde que caiu para o Grêmio por 6 a 3 na 5ª rodada, a Chapecoense vem passando por momentos de instabilidade em campo e permaneceu com 13 pontos. No último final de semana não foi párea para o Botafogo e perdeu por 2 a 0 mesmo dentro de casa. Já o Flamengo aparece mais pra baixo, com 11 pontos e há três jogos sem perder, com dois empates e uma vitória.

SONHO A REALIZAR

0002050249624 img

Para Cuéllar, a titularidade no Flamengo pode levá-lo ao seu grande sonho, que é jogar a Copa do Mundo de 2018 com a seleção colombiana. “Em um curto prazo, desejo cumprir meu sonho, que é jogar a Copa do Mundo. Jogando no Flamengo, qualquer um pode ser convocado para a seleção de seu país.”

O volante tem atuado no lugar que era de Willian Arão, que caiu de rendimento e tem ficado no banco. Na vitória contra a Ponte Preta e no empate diante do Fluminense, Cuéllar mostrou seu conhecido poder de marcação, mas ele mesmo admite que precisa evoluir nos próximos jogos para manter-se no time.

HAJA VONTADE

Com a temperatura em 8ºC na Serra Catarinense, a Comissão Técnica preferiu poupar os jogadores e fez um trabalho leve no gramado, com troca de passes em campo reduzido e coletivo. Para a partida o técnico Vagner Mancini não deve ter nenhum desfalque, mas precisa esperar a avaliação dos médicos para definir o time titular.

Isso porque Rossi, que vinha como dúvida no início da semana, pode ser liberado para viajar com o grupo. Além dele, Luiz Antônio foi preservado de uma parte do trabalho desta quarta, mas não deve ser problema. “A gente sabe que é um jogo difícil (…) eles estão precisando do resultado, porque eles não vêm bem, apesar de ter um elenco bom”, disse o volante.