Espanhol: Presidente revela dívida de R$ 8 bi do Barcelona e empréstimo de 80 mi de euros

Gestão dele procurar pagar a folha do clube, baixar juros e cortar regalias a intermediários como um que recebeu 8 milhões de euros para garimpar craques na América do Sul

Categorias: Futebol Mundo

Por: Agência Futebol Interior, 16/08/2021

laporta
Crise escancarada. (Foto: Divulgação)

Campinas, SP, 16 (AFI) – A saída de Lionel Messi para o PSG está longe de ser o único problema do Barcelona neste início de temporada. A crise é muito mais grave, como revelou o presidente Joan Laporta. O clube catalão tem rombo estimado em 1,3 bilhão de euros ou R$ 8 bilhões.

“Eles apresentaram um orçamento com hipóteses difíceis de cumprir. Várias delas não foram cumpridas. E portanto o orçamento deu menos de 320 milhões de euros para a temporada 20/21. Provoca uma situação econômica e patrimonial preocupante e situação financeira dramática. Em 21 de março de 2021, a dívida era de 1,35 bilhão de euros”, disse Laporta sobre o ex-presidente Josep Maria Bartomeu.

CORTES!

Diante de tal dívida, o novo presidente do Barça contou com pediu empréstimo de 80 milhões de euros de um banco para poder iniciar seus trabalhos. A gestão dele procurar pagar a folha do clube, baixar juros e cortar regalias a intermediários como um que recebeu 8 milhões de euros para garimpar craques na América do Sul.

“Também encontramos um contexto de uma política esportiva errônea que causa danos à entidade. É uma pirâmide invertida, na qual os veteranos têm contratos longos e os jovens têm contratos curtos. E é difícil renegociar contratos. Essas reduções salariais que os gestores anteriores se vangloriaram, uma redução de 68 milhões, mas na realidade não é redução porque a encontramos na forma de bônus de rescisão de contrato”, completou Joan Laporta.

Confira também: