Entre técnico e jogadores, seleção da Copa Africana chega a 12 casos de Covid-19

Seleção está com um goleiro machucado e dois positivados

Surto de Covid-19 atacou a Seleção de Comores que tem jogo decisivo na segunda-feira contra o anfitrião Camarões

Categorias: Futebol Mundo

Por: Agência Futebol Interior, 23/01/2022

comores covid 19
Surto em Comores. (Foto: Divulgação / FFC)

Campinas, SP, 23 (AFI) – A Seleção de Comores debutou na Copa Africana de Nações e, logo de cara, chegou às oitavas de final. A questão é que Comores está com um grande problema para o duelo contra o anfitrião Camarões nesta segunda-feira, no Paul Biya, em Yaoundé.

No sábado, a Seleção de Comores teve um surto de Covid-19 e registrou 12 casos. O técnico Amir Abdou está na lista. O maior problema, no entanto, é no gol. Com Bem Boina machucado, os outros dois goleiros – Moyadh Ousseini e Ali Ahamada – também testaram positivo para o novo coronavírus.

Logo, Comores pode ir a campo sem um goleiro próprio da posição. Todos ainda passarão por novos testes. Há a possibilidade, mesmo que difícil, de ter casos de falso positivo.

“Estamos a fazer o nosso possível para encontrar soluções, mas, sem o técnico, sem alguns jogadores importantes e, sobretudo, sem os únicos goleiros disponíveis, a situação é muito complicada “, disse o diretor El Hadad Hamidi, da Federação de Futebol de Comores (FFC).

Confira também: