Denúncia de manipulação de resultados no Tocantinense

Rebaixado, o Tocantins de Miracema será julgado na próxima segunda-feira pelo TJD-TO

Tocantins de Miracema somou apenas um ponto em nove rodadas e sofreu 41 gols, sendo rebaixado para a Segunda Divisão do Tocantinense

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 25/03/2022

time tocantins de miracema 01
Tocantins de Miracema é acusado de manipular resultados

Palmas, TO, 25 (AFI) – Assim como está acontecendo em vários estaduais pelo Brasil, o Campeonato Tocantinense viu um dos seus participantes ser denunciado por suspeita de manipulação de resultados.

Rebaixado para a Segunda Divisão depois de conquistar apenas um ponto em nove rodadas, além de ter sofrido 41 gols, o Tocantins de Miracema será julgado na próxima segunda-feira pelo Tribunal Justiça Desportiva do Tocantins (TJD-TO) por fatos ocorridos na goleada sofrida para o Palmas, por 7 a 0, na quinta rodada do Estadual.

O Tocantins de Miracema foi enquadrado nos artigos 240 (aliciar atleta autônomo ou pertencente a qualquer entidade desportiva) e 242 (dar ou prometer vantagem indevida a membro de entidade desportiva, dirigente, técnico, atleta, para que, de qualquer modo, influencie o resultado de partida, prova ou equivalente) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

E olha que essa não foi a maior goleada sofrida pelo Tocantins de Miracema no campeonato. Na última rodada da fase classificatória, o time perdeu de 13 a 1 para o Tocantinópolis.

JOGADOR TAMBÉM É ALVO
Na segunda-feira, o zagueiro do Tocantins de Miracema, Claudioney Silva Mendes, será julgado nos artigos 243 (atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defende) e 243-A (atuar, de forma contrária à ética desportiva, com o fim de influenciar o resultado de partida, prova ou equivalente) do CBJD.