Cuiabá-MT x Barbalha-CE – Dourado quer vitória para eliminar zebra

Essa é a primeira vez que o time cearense está disputando a Copa do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 15/04/2014

Cuiabá, MT, 15 (AFI) – Pela segunda rodada da primeira fase da Copa do Brasil, o Cuiabá recebe o novato Barbalha para tentar avançar de fase na competição. O jogo será realizado nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio Presidente Dutra.

Como o primeiro jogo da competição terminou empatado em 0 a 0, um novo empate sem gols leva o jogo para os pênaltis. Um empate com gols classifica o Barbalha. O time que vencer garante a vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

Sai pra lá, zebra!
Favorito para o confronto, o Cuiabá não quer dar chance ao azar e, para isso, vai pra cima do Barbalha em busca da vitória para garantir a vaga na próxima fase. Assim, o Dourado deve er força máxima para o confronto desta quarta-feira.

Apesar de ter contratado sete reforços para a temporada, a tendência é que apenas três estejam disponíveis para a partida: os meias Cleverson e Gilsinho, e o atacante Moisés. Porém, o técnico Luciano Dias deve repetir a escalação utilizada na primeira partida, e os reforços devem começar no banco.

É hora de fazer história
O empate em 0 a 0 no jogo de ida animou o elenco do Barbalha. E é com esse ânimo que o elenco viajou para enfrentar o Cuiabá pelo jogo de volta. A principal esperança da equipe ´pe fazer, no mínimo, um gol para obrigar o adversário a ter que fazer pelo menos dois.

Para o confronto, o técnico Washington Luiz deverá repetir a escalação usada no jogo de ida. Além disso, um prêmio extra oferecido pela diretoria serve como motivação para o elenco conquistar a vaga histórica na próxima fase.

“O Barbalha oferece R$ 50 mil para os jogadores eliminarem o Cuiabá na Copa do Brasil. Estudamos muito o adversário, vimos entrevistas com eles falando que são grandes e querem eliminar o primeiro jogo. Nós pregamos o respeito. Se o Barbalha conseguir vencer e fizer o segundo jogo, vamos pensar na classificação É uma grana legal para um elenco pequeno”, afirmou o diretor de futebol Jorge Luiz.