Confiança-SE Campinense-PB
Confiança-SE 2x3 Campinense-PB - Abriu dois, tomou a virada e perdeu o treinador

Técnico do Confiança pediu o boné após o sacode no segundo tempo

Dragão foi mais eficiente no primeiro tempo e marcou com Italo e Tcharlles. Os gols da reação vieram no segundo tempo, com Pedro Vitor, Pedro Henrique e Dione.

Categorias: Futebol Brasil

Por: Rivail Oliveira, 18/06/2022

campinense 1 e1655600823787
Campinense foi buscar o resultado: 3 a 2

Aracaju, SE, 17 (AFI) – Em um grande jogo, realizado nesta noite de sábado na Arena Bastistão, em Aracaju-SE, o Campinense conquistou um ótimo resultado, vencendo de virada, 3 a 2 o Confiança-SE, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.  Dragão foi mais eficiente no primeiro tempo e marcou com Italo e Tcharlles. Os gols da espetacular reação raposeira vieram no segundo tempo, com Pedro Vitor, Pedro Henrique e Dione.
Com o resultado, o rubro-negro de Campina Grande respira mais tranquilo, pelo menos até a próxima rodada e tira um peso da crise que vinha se abatendo sobre clube, saindo da zona de rebaixamento, em 13º lugar com 12 pontos. E empurra o Dragão sergipano para o Z4, no 18º lugar com 10 pontos ganhos.

ADEUS

Após a partuda, o técnico Felipe Maestro, ex-lateral do Palmeiras e Vasco e ex-técnico do Bangu, entregou o cargo e deu adeus ao Confiança

Felipe
Felipe pediu o boné após nó tático


DRAGÃO DEFINE EM DOIS LANCES
O Confiança saiu na frente do marcador no Batistão, no primeiro tempo e abriu 2 a 0 no Campinense, gols de Ítalo e Tcharlles. O time de Campina Grande até teve mais posse de bola, mas o Dragão sergipano acabou sendo mais incisivo no ataque. Depois de um início de muita pegada e marcação de lado a lado, logo aos nove minutos, o árbitro alagoano Dênis da Silva Ribeiro viu falta de Mauro Iguatu em Tcharlles. Após as reclamações dos jogadores da Raposa, aos 11, Ítalo cobrou e marcou para o Confiança, 1 a 0.

Mas aquele “velho ditado” do futebol se fez presente novamente: “Quem não faz…”; Em um dos poucos contragolpes do Dragão, aos 44, Carlos Eduardo foi “garçom exemplar” e deixou  Tcharlles à vontade para ampliar de cabeça, 2 a 0 para o Confiança, placar final do primeiro tempo no Lourival Batista.
TÉCNICO MUDA  E RAPOSA VIRA, 3 A 2
Com três mexidas no time (mudou o ataque inteiro) – Juninho, Pedro Henrique e Hugo Freitas -, o técnico Ranielle Ribeiro soltou de vez a Raposa no segundo tempo. E deu certo. logo aos sete, Juninho fz boa jogada e cruzou para Pedro Vitor que mandou para as redes sergipanas, 2 a 1. E seis minutos depois veio o empate raposeiro com Pedro Henrique, após escanteio cobrado por Dione, 2 a 2 no Batistão.
O jogo “pegou fogo” no Batistão: Ítalo quase fez um minuto depois. E aos 17 veio a grande virada do Campinense num gol de categoria de Dione que bateu com muita maestria da entrada da área,  3 a 2 para a Raposa. O técnico Felipe Maestro também fez suas mexidas no time do Dragão, que pressionou até o fim, mas esbarrou no bom posicionamento do rubro-negro no restante do segundo tempo. E ficou assim, virória de virada do Campinense, fora de casa, 3 a 2 no Batistão, em Aracaju.
PRÓXIMOS JOGOS
Na 12ª rodada, dia 25 de junho, sábado, 17h, jogam ABC e Confiança no Frasqueirão, em Natal-RN. O Campinense vai a Porto Alegre-RS, domingo, 26 para pegar o São José-RS, 16h no Passos D´Areia.

FICHA TÉCNICA

Confiança-SE
Confiança-SE
2 3
Campinense-PB
Campinense-PB
Fase Fase:
Única
Fase Rodada:
11ª
Fase Data:
18/06/2022
Fase Arbitro:
Dênis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Fase Assistentes:
Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) , Brígida Cirilo Ferreira (AL-Fifa)
Fase Estádio:
Arena Bastistão
Fase Público:
2.077 total/1.955 pagantes
Fase Endereço:
Aracaju-SE
Fase Renda:
R$ 36.450,00
Fase Cartões Amarelos:
Confiança: Lucas Gabriel, Bruno Camilo, Raphael;
Campinense: Mauro Iguatu, Michel e Luiz Fernando, Iago Leite e Emerson
Fase GOLS:
Confiança: Italo aos 11´ 1T, Tcharlles aos 44´1T;
Campinense: Pedro Vitor aos 7´2T, Pedro Henrique aos 13´2T, Dione aos 17´2T

Confira também: