Brasileirão: Felipão explica três volantes no Athletico contra o Fluminense

O Furacão jogou com Hugo Moura, Erick e Matheus Fernandes no meio-campo.

Técnico afirma que Furacão criou as chances, mas não soube concluir na derrota para o Flu.

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 15/05/2022

Sem titulo

Curitiba, PR, 15, (AFI) –  O técnico Luiz Felipe Scolari afirmou que faltou qualidade nas finalizações do Athletico para evitar a derrota por 2 a 1 para o Fluminense, na noite deste sábado, no Raulino de Oliveira, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante ainda justificou a escalação com três volantes por conta do adversário.

O Furacão entrou em campo com Hugo Moura, Erick e Matheus Fernandes no meio-campo. O meia-atacante David Terans, com dores musculares, foi poupado. No intervalo, Felipão tirou Erick para a entrada de Marlos, mas não surtiu efeito ofensivo.

O Fluminense tem muita posse e trabalha bem a bola. A ideia era compactar os setores, principalmente o meio, e criássemos dificuldades maiores. A gente desfez por estarmos perdendo e tínhamos que colocar alguém mais agressivo, de menos combate, para conseguir chegar ao gol adversário.

O Athletico sofreu com a marcação alta do Tricolor no início e, depois de duas finalizações para fora, Cano não desperdiçou. Em bola roubada no meio, Wellington lançou o atacante, que cortou Pedro Henrique e bateu cruzado para abrir o placar.

Luiz Henrique quase ampliou em chute rente à trave. A partir dos 20, o time rubro-negro conseguiu equilibrar e finalizou em chutes de Erick e Khellven, ambos para fora. As melhores oportunidades foram com Pablo. Ele errou uma na pequena área e depois entrou sozinho e bateu fraco nas mãos de Fábio.

No segundo tempo, o Flu seguiu melhor em campo e ampliou novamente com Cano. Após dois passes de cabeça na área, o centroavante ajeitou no peito, pegou de primeira e acertou o ângulo de Bento. No fim, depois da sobra do escanteio, Matheus Felipe descontou.

Tivemos as oportunidades que queríamos ter, apenas não definimos com qualidade.

Essa foi a terceira derrota fora de casa em três jogos disputados. A equipe rubro-negra ocupa a 14ª colocação, com seis pontos, mas pode ser ultrapassada pelo Goiás, que recebe o Santos no domingo.

Athletico volta a campo contra o Libertad em jogo-chave para seguir com chances na Libertadores a duas rodadas do fim da fase de grupos. O time paraguaio é o líder do grupo B, com sete pontos, enquanto a equipe brasileira é a lanterna, com quatro – Caracas e The Strongest possuem cinco pontos.

No Brasileiro, o Furacão recebe o Avaí no domingo, às 19h, na Arena da Baixada, pela sétima rodada. A equipe rubro-negra ocupa a 14ª colocação, com seis pontos.

Confira também: