BRASILEIRÃO: Atlético-MG empata com reservas do Palmeiras, mas segue com oito pontos na frente do Flamengo

O Placar Ao Vivo do Portal Futebol Interior acompanha todos os jogos da competição

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 23/11/2021

GAM 1

Campinas, SP, 23 (AFI) – A 35ª rodada do Brasileirão Assaí começou a ser disputada nesta terça-feira (23), com o confronto entre Palmeiras e Atlético-MG, no Allianz Parque. Em um jogo equilibrado e com dois gols em cada tempo, as equipes empataram em 2 a 2 e somaram um ponto cada para a tabela da competição.

Com o resultado, o Galo segue na liderança da Série A, agora com 75 pontos. O Verdão, com 59, é o terceiro colocado.

Em jogo adiado da segunda rodada do Brasileirão Assaí, Grêmio e Flamengo empataram em 2 a 2, na Arena do Grêmio. Com a igualdade, o Tricolor Gaúcho aparece em 18º lugar, com 36 pontos. O Rubro-Negro é o segundo colocado, com 67 pontos.

Em jogo adiado da 30ª rodada do Brasileirão, Atlético-GO e Juventude se enfrentaram na noite desta terça-feira (23), em Goiânia, de olho nos três pontos para afastar o risco de entrar na tão temida zona de rebaixamento. As equipes fizeram um jogo equilibrado e, com gols no segundo tempo no Antônio Accioly, saíram de campo empatadas em 1 a 1.

Com o resultado, Dragão e Ju perderam a chance de subir na tabela de classificação da Série A e seguem nas mesmas posições. Com 41 pontos, o time goiano é o 15º colocado, seguido pela equipe gaúcha, com 40 – o primeiro time dentro do Z-4 tem 37.

EMPATE NO ALLIANZ!

A partida começou movimentada no Allianz Parque, com o Palmeiras criando a primeira boa chance de gol. Aos dois minutos, Deyverson roubou a bola no campo de ataque, avançou e passou para Wesley, que dominou e bateu forte para boa defesa de Everson. Depois, aos 11, Gabriel Menino cruzou com perigo na área, e Kuscevic subiu bem para desviar para o gol, exigindo nova boa intervenção do goleiro visitante. A pressão alviverde seguiu e, na marca dos 27, o placar foi inaugurado. Gabriel Veron se livrou da marcação e inverteu a jogada para Wesley, que dominou e finalizou rasteiro para fazer 1 a 0. O Galo não se abateu e partiu em busca do empate, alcançando o objetivo logo depois, aos 35. Guilherme Arana recebeu pela esquerda, tabelou com Jair e mandou para o gol. Jailson defendeu, mas Zaracho pegou o rebote para deixar tudo igual: 1 a 1.

GAM
Atlético Mineiro empata com Palmeiras

Na volta do intervalo, o Verdão teve chance de ficar na frente aos dez minutos, quando Patrick de Paula cobrou pênalti e viu Everson acertar o canto para fazer a defesa. No instante seguinte, o time da casa não deixou a oportunidade passar. Na cobrança de escanteio após o pênalti defendido, Deyverson cabeceou para o fundo das redes. O Atlético não demorou para voltar a empatar. Aos 15, Mariano recebeu pela direita e cruzou na área. A marcação chegou a afastar o perigo, e Hulk pegou a sobra para mandar uma bomba sem chances para Jailson: 2 a 2. Depois, o equilíbrio prevaleceu entre as equipes, com poucas chances claras de bola na rede, que não voltou a balançar até o apito final.

TRICOLOR BUSCOU EMPATE!

O Grêmio esteve mais presente no ataque durante o primeiro tempo. Aos 12 minutos, Diego Souza cobrou falta e Hugo defendeu. Três minutos depois, o Tricolor quase abriu o placar. Jhonata aproveitou cruzamento e cabeceou firme. A bola ia entrando no gol, mas Gustavo Henrique salvou quase em cima da linha. O Mengão respondeu aos 39 minutos. Rodinei fez boa jogada individual e chutou forte por cima do gol. Aos 42, o time gaúcho teve mais uma chance de abrir o placar. Diego Souza chutou forte e Hugo fez excelente defesa.

O Tricolor começou o segundo tempo no ataque. No primeiro minuto, Diego Souza aproveitou sobra e chutou com categoria. A bola passou perto da trave direita. Mas foi o Rubro-Negro que abriu o placar. Aos 12, Vitinho ficou com a sobra e chutou na saída do goleiro Gabriel. O time carioca cresceu no jogo e fez o segundo aos 28 minutos. Vitinho recebeu excelente passe de Kenedy, dominou e bateu com categoria.

O time mandante não se entregou e buscou o empate. Aos 30 minutos, Ferreirinha invadiu a área e cruzou para Borja completar para o gol. Seis minutos depois, aos 36, Ferreira recebeu passe de Borja e chutou no canto do gol de Hugo para deixar tudo igual. O Grêmio quase virou aos 42. Borja recebeu cruzamento e cabeceou com perigo por cima do gol. Aos 48, foi a vez do Flamengo tentar. Arrascaeta invadiu a área e bateu colocado, mas Gabriel evitou o gol e o empate prevaleceu.

OUTRA IGUALDADE!

O primeiro tempo da partida em Goiânia começou com as duas equipes se lançando ao ataque em busca dos três pontos, importantíssimos para ficar longe da zona de rebaixamento. Finalizando mais, o Atlético-GO levou perigo logo aos três minutos, quando Janderson recebeu na área e finalizou de bico, mas pela linha de fundo. O Juventude respondeu no lance seguinte com Wescley, que cruzou fechado em direção ao gol, mas Fernando Miguel chegou antes de Sorriso para tirar de soco. O confronto seguiu lá e cá, e o Dragão quase abriu o placar quando André Luís pegou sobra e chutou rasteiro para boa defesa de Douglas Friedrick. Aos 14, o goleiro alviverde salvou os visitantes novamente, ao espalmar uma bomba de Janderson. Apesar de novas chances para os dois lados, as redes não balançaram até a saída para o intervalo.

No segundo tempo, as finalizações diminuíram, mas as equipes acabaram sendo mais efetivas. Aos 16 minutos, Janderson tentou a finalização, e a bola sobrou para Zé Roberto. O atacante se livrou da marcação dentro da área e completou para o fundo das redes para colocar o Atlético na frente: 1 a 0. Depois, o Juventude partiu em busca do empate e chegou ao objetivo já na marca dos 43. Chico fez boa jogada pelo meio e deu assistência na medida para Ricardo Bueno, que bateu por cima do goleiro Luan Polli para deixar tudo igual.