Botafogo x Corinthians - Líder pressionado por vitórias dos rivais e Fogão pela torcida

O time carioca foi alvo de protestos de organizadas durante a semana,enquanto o Timão pode ver a vantagem na ponta diminuir

O time carioca foi alvo de protestos de organizadas durante a semana,enquanto o Timão pode ver a vantagem na ponta diminuir

Por: Agência Futebol Interior, 22/10/2017

0002050274877 img

São Paulo, SP, 22 (AFI) – Acabou a sorte no Corinthians e acabou a paz no Botafogo. Pressionados de maneiras diferentes, os dois times entram em campo às 20 horas desta segunda-feira, no Nilton Santos, em jogo válido pela 30ª rodada do Brasileirão, ambos sem vencer há dois jogos.

Líder, com 59 pontos, o Timão vem de uma derrota e um empate. Depois de tropeçar em casa com uma igualdade diante do Grêmio, na rodada passada, contou com um tropeço do Santos para manter a vantagem de nove pontos na liderança.

Agora, o cenário mudou e vai fechar a rodada sabendo que Palmeiras e Santos, segundo e terceiro colocados, respectivamente, diminuíram essa distância para seis pontos. Para fazer com que a diferença volte para nove, o líder precisa vencer.

No Botafogo, a sequência é a mesma do adversário: uma derrota e um empate. Mas pressão sobre o time vem de parte da torcida, que foi ao aeroporto protestar contra o elenco. O Fogão é o sétimo colocado, com 44 pontos, e não poder perder nenhuma posição, mas uma derrota em casa aumenta a tensão.

No primeiro turno, os dois times se enfrentaram pela 11ª rodada e o Corinthians levou a melhor com uma vitória por 1 a 0, com gol de Jô após bela jogada do menino Pedrinho, na Arena Corinthians.

PRESSÃO
O goleiro Gatito Fernández, do Botafogo, minimizou o protesto realizado por um pequeno grupo de torcedores – trajando camisas de organizadas – no desembarque da delegação no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, na quinta-feira.

0002050274877 img

“Como um clube grande, precisamos voltar para a Libertadores. Saí rápido (do aeroporto), mas não vi muito (do protesto). Sei que teve cobrança, mas é normal. O Botafogo é um clube grande. O apoio é importante para conseguirmos esses pontos. Eles (torcedores) são muito importantes para a gente”, declarou Gatito em entrevista coletiva, nesta quinta-feira, após o treino da equipe no complexo esportivo do Engenhão, no Rio.

Os manifestantes cobraram mais empenho dos jogadores – o meio-campista Bruno Silva e o lateral-esquerdo Victor Luís foram os principais alvos dos descontentes. O grupo chegou a exigir a classificação da equipe para a Copa Libertadores do ano que vem. Também houve pedidos de contratações para reforçar o elenco na temporada de 2018.

BAIXA
O técnico Fábio Carille encerrou neste domingo a preparação do Corinthians para encarar o Botafogo. A novidade ficou por conta da confirmação do desfalque do zagueiro Pablo, ainda se recuperando de lesão.

Pablo desfalcou o Corinthians nas últimas três partidas, graças a uma lesão muscular na coxa esquerda. Havia a expectativa pela sua recuperação, mas na atividade de sábado, ele já havia ficado de fora. Neste domingo, a lista de Carille trouxe a confirmação de sua ausência.

O defensor é o único desfalque entre os titulares do Corinthians, mas Carille também seguirá sem poder contar com o zagueiro Vilson, que se recupera de cirurgia no joelho realizada em março, e o volante Paulo Roberto, que também tem um problema muscular na coxa esquerda.

Carille, no entanto, preferiu não confirmar esta escalação e admitiu que pode fazer mudanças na equipe. Marquinhos Gabriel e Clayson chegaram a ser testados, nas vagas de Gabriel e Romero, mas o técnico corintiano descartou entrar em campo com esta opção mais ofensiva.