Atlético-MG Fortaleza
Atlético-MG 3 x 2 Fortaleza - Virada no fim e com a 'cabeça'

Levou dois gols de Romarinho no 1º tempo e só evitou a derrota na parte final, com três gols de cabeça, de Rubens, Réver e Vargas (o gol foi dado a Matheus Jussa, contra).

O resultado deixou o Galo Mineiro com 23 pontos, em quinto lugar, após uma semana de euforia com duas vitórias sobre o Flamengo

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 25/06/2022

rubens atletico mg facebook 2022
Rubens iniciou a reação do Galo. Foto: Facebook - Galo

Belo Horizonte-MG, 25 (AFI) – Com um time alternativo para seu compromisso no meio de semana pela Copa Libertadores da América, o Atlético-MG sofreu para vencer o Fortaleza, por 3 a 2, neste sábado à noite, no Mineirão, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Levou dois gols de Romarinho no primeiro tempo e só evitou a derrota na parte final do segundo tempo, com três gols de cabeça, de Rubens, Réver e Vargas (o gol foi dado a Matheus Jussa, contra).

O resultado deixou o Galo Mineiro com 24 pontos, em quinto lugar, após uma semana de euforia com duas vitórias sobre o Flamengo. Uma pelo Brasileiro e outra pela Copa do Brasil. O Fortaleza, apesar da evolução técnica, continua na penúltima posição, com apenas 10 pontos. Na semana venceu duas vezes. Fez 1 a 0 no América-MG e depois bateu o rival Ceará, por 2 a 0, pela Copa do Brasil.


GALO DIFERENTE
Desta vez, o time mineiro iniciou o jogo com uma formação bem diferente. Hulk, o seu principal jogador, apresentou um edema na perna direita e foi poupado. Junto com ele ficaram de fora vários titulares, como o lateral Mariano, o volante Jair e o meia Macho Fernández.

Mas o time nem assimilou estas baixas porque aos dois minutos o Fortaleza abriu o placar. Juninho Capixaba desceu pelo lado esquerdo e passou para Moisés que, de costas, fez o trabalho de peão e recuou para Romarinho. Mesmo fora da área, ele ajeitou e soltou a bomba de direita. Everson saltou, mas a bola parou no ângulo direito dele: 2 a 0.

LENTIDÃO E GOL
Surpreendido, o Atlético-MG tentou equilibrar as ações, mas era lento no meio-campo e não conseguia finalizar. Com isso, ainda deixava espaços para o Fortaleza puxar os contra-ataques. Aos 28 minutos, Réver perdeu a bola no ataque e a descida cearense foi mortal. Moisés carregou até a frente da área quando fez o passe para Romarinho do lado esquerdo. Já dentro da área ele bateu cruzado e fez 2 a 0.

O técnico Antonio Mohamed, em seguida fez sua primeira troca. Abriu mão de Junior Alonso, um dos seus três zagueiros, para a entrada do meia Vargas. Enquanto tentava se arrumar, o Atlético sofria na marcação. Aos 35 minutos, Yago Pikachu cobrou escanteio em curva, houve um desvio e a bola saiu tirando tinta da trave, num grande susto.

Somente aos 37 minutos é que o Atlético chutou pela primeira vez, com Eduardo Sasha, porém, para boa defesa de Marcelo Boeck. Nos acréscimos, outro susto na defesa, quando Pikachu apareceu na frente de Everson e tentou dar um leve toque por cobertura. Desta vez, o goleiro foi melhor ao dar um tapa na bola e defender em dois tempos. No intervalo, vaias da torcida.


MAIS TRÊS TROCAS

Mohamed fez três trocas para o início do segundo tempo, com as entradas de Otávio, Rubens e Fábio Gomes para as saídas, respectivamente, de Allan, Guilherme Castilho e Eduardo Sasha. Até por necessidade, o time mineiro tentou encurralar o adversário em seu campo defensivo.

Mas pouco conseguiu de prático. Mas depois de tanto insistir, conseguiu achar seu primeiro gol. Vargas insistiu dentro da área, fez o giro pela direito e levantou para o outro lado. Rubens apareceu de frente e testou em diagonal para fazer 2 a 1 aos 30 minutos. A partir daí, a torcida também ‘entrou em campo’ se agitando toda nas arquibancadas.

romarinho fortaleza galo facebook FEC
Romarinho fez os dois gols do Fortaleza

SÓ NA DEFESA
Nesta altura, o Fortaleza não atacava mais e restava apenas tentar se defender. O empate saiu aos 41 minutos. O levantamento começou do lado direito para a ajeitada de cabeça de Igor Rabello para o companheiro de cabeça testar no canto direito de Marcelo Boeck. Mineirão em festa.

O Galo não desistiu e empatou aos 51 minutos, pouco antes do apito final. Guilherme Arana cobrou falta do lado esquerdo, levantando na área, onde Vargas cabeceou de cima para baixo. Na pequena área, a bola bateu na canela de Matheus Jussa e entrou. Virada consumada: 3 a 2.


PRÓXIMOS JOGOS

No meio de semana, os dois times vão atuar pela Copa Libertadores. O Atlético-MG vai até o Equador, terça-feira enfrentar o Emelec. dois dias depois, na quinta, o fortaleza recebe o Estiudiantes, da Argentina.

Pelo Brasileiro, no outro fim de semana, o time mineiro vai enfrentar o Juventude, no sábado (2), em Caxias do Sul (RS). No domingo (3), o Fortaleza vai visitar o Coritiba, na capital paranaense.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG
Atlético-MG
3 2
Fortaleza
Fortaleza
Fase Fase:
Única
Fase Rodada:
14.ª
Fase Data:
25/06/2022
Fase Hora:
9:00 pm
Fase Arbitro:
Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Fase Assistentes:
Lúcio Buersdorf Flor (RS) e Leirson Peng Martins (RS)
Fase Estádio:
Mineirão
Fase Público:
30.003 pagantes
Fase Endereço:
Belo Horizonte (MG)
Fase Renda:
R$ 866.541,79
Fase Cartões Amarelos:
Fortaleza: Ronald, Marcelo Boeck e Lucas Crispim
Fase GOLS:
Fortaleza: Romarinho 2’/1T e 28’/1T
Atlético-MG: Rubens 30’/2T , Réver 41’/2T e Matheus Jussa 51’/2T (contra)

Confira também: