Arena que recebeu Eliminatória passa por manutenção e revitalização dos gramado

Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) é a responsável por recuperar o gramado

Processo deve durar cerca de 30 dias e irá até 25 de janeiro

Categorias: Estaduais

Por: Agência Futebol Interior, 21/12/2021

Arena AndradeGutierrez 02 ori
Fechada para balanço. (Foto: Divulgação)

Manaus, AM, 21 (AFI) – A Arena da Amazônia aproveitou o fim da temporada brasileira para realizar a manutenção e revitalização do gramado. O processo deve durar cerca de 30 dias e irá até 25 de janeiro.

O Campeonato Amazonense tem abertura marcada para o dia seguinte, 26. A Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) é a responsável por recuperar o gramado de uma das Arenas da Copa do Mundo em 2014.

Ao longo desse período, os técnicos realizarão a aplicação de herbicidas, podas drásticas, cortes verticais, controle de pragas, descompactação, topdressing, aplicações de fertilizantes e fitohormonios.

“A paralisação dos nossos estádios, conforme portaria, acontece para que tenhamos esse tempo de adubação, preparação e renovação dos gramados. Desta forma, a Arena da Amazônia, Ismael Benigno, Carlos Zamith e Oswaldo Frota, estarão devidamente prontos para receber os jogos do Barezão 2022”, disse o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira.

Em 2021, a Arena da Amazônia recebeu a Seleção Brasileira pela Eliminatória Sul-americana, assim como jogos da seleção feminina, do Estadual Amazonense e das Séries B e C do Brasileirão, além da Copa Verde.

Confira também: