Após repercussão negativa, PM libera uso de rádio de pilha em jogos no Estado de Pernambuco

A Polícia Militar não suportou as fortes críticas e repensará sobre a proibição do objeto

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 29/04/2022

radio

Recife, PE, 29 (AFI) – Após a repercussão negativa sobre a proibição da utilização de rádios de pilha em jogos nos estádios de Pernambuco, o porta-voz da PMPE, Tenente-Coronel Luiz Cláudio Brito falou, na manhã desta sexta-feira, à Rádio Jornal, que a decisão está revogada. Com isso, o objeto poderá novamente ser usado nas partidas das equipes do Estado nordestino.

“Essa medida restritiva com relação ao rádio foi suspensa. Ela será melhor estudada. Pode avisar aos ouvintes que a nossa corporação vai avaliar melhor”, disse o Tenente-Coronel.

A repercussão causada por tal decisão por parte da Polícia Militar foi duramente criticada por todos que costumam assistir uma partida de futebol no estádio, desde jornalistas até torcedores, principalmente os mais antigos. A desculpa usada foi que o objeto ‘aponta risco para a segurança’.

radio
Rádio de pilha está liberado em estádios de PE. Foto: Tiago Caldas/Náutico

“Informamos que é vedado o ingresso de rádios de pilha, baterias, instrumentos musicais, apito e porta-bandeiras, bem como outros objetos que representem risco à segurança. A restrição atende aos protocolos de segurança implementados desde a Copa das Confederações e da Copa do Mundo no Brasil. Qualquer objeto que represente ameaça à integridade dos torcedores poderá ser apreendido”, diz uma parte do comunicado enviado pela Polícia Militar.

PROIBIÇÃO
O foco foi exclusivamente em cima do rádio de pilha. A Polícia Militar emitiu uma nota oficial afirmando que os demais objetos seguem proibidos. Confira:

pm
Após repercussão negativa, PM libera uso de rádio de pilha em jogos no Estado de Pernambuco 4

Confira também: