Amazonas Brusque
Amazonas 2 x 1 Brusque - Onça-pintada respira na Série B com gols de veteranos

Visitantes seguem dentro da zona de rebaixamento; donos da casa subiram para o 12º lugar

Amazonas venceu o Brusque por 2 a 1 pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Amazonas venceu o Brusque pela Série B - Foto: João Normando/AMFC
Amazonas venceu o Brusque pela Série B - Foto: João Normando/AMFC

Manaus, AM, 08 (AFI) – Finalistas da última edição da Série C, Amazonas e Brusque se enfrentaram na tarde deste sábado (8) vivendo outra realidade na Série B do Campeonato Brasileiro. Em duelo de equipes que lutam contra o rebaixamento, os donos da casa marcaram no finalzinho e saíram com a vitória por 2 a 1 no estádio Carlos Zamith, em Manaus (AM), pela nona rodada. Os veteranos atacantes Sassá e Jô marcaram para os mandantes.

O resultado mantém os visitantes dentro da zona de rebaixamento, em 19º com seis pontos, ao lado de Botafogo-SP, com sete, Ituano, também com seis, e Guarani, com quatro. Os donos da casa subiram para o 12º lugar, com 11 pontos. CRB e Paysandu, com oito, são os primeiros fora da faixa de descenso. 

PRIMEIRO TEMPO
Atuando dentro de casa, o Amazonas tratou de tentar abrir o placar logo no começo. Logo aos quatro minutos, Patric arriscou de fora e levou pouco perigo, mas, logo na sequência, após escanteio da direita, Diogo Silva apareceu para desviar de cabeça com muito perigo. 

A resposta visitante saiu aos 14. Osman deu belo passe para Jhemerson, por trás da linha de defesa mandante. O meia chegou batendo em velocidade e parou em boa defesa de Marcão. Depois, as melhores chances do primeiro tempo, ambas para os donos da casa. 

Aos 25, Jorge Jiménez arriscou de muito longe e ia acertando a gaveta superior esquerda. O goleiro Matheus Nogueira voou e, com as pontinhas dos dedos, mandou a bola para escanteio. Aos 29, Matheus Serafim apareceu livre após cruzamento da esquerda, mas jogou para fora. 

Os visitantes voltaram a ameaçar apenas aos 31. Diego Mathias limpou a marcação e arriscou de fora. A bola saiu com muito perigo, próxima à trave esquerda. Assim, o empate sem gols permaneceu até o intervalo.

SEGUNDO TEMPO
Insatisfeitos com o desempenho na primeira metade, os dois técnicos fizeram alterações nos vestiários, com o Brusque ainda precisando mexer na lateral direita nos primeiros minutos. 

E as mudanças se mostraram melhores para o Amazonas, que abriu o placar. Aos cinco, após cruzamento da esquerda e escorada de Rafael Tavares, o capitão dos donos da casa, o experiente atacante Sassá, virou bela bicicleta na entrada da pequena área e marcou o gol que abriu o placar. 

Os donos da casa tiveram a chance de ampliar em contra-ataque. Aos 14, Ênio tocou para Diego Torres, que bateu cruzado e parou em Matheus Nogueira. 

O Brusque empatou aos 18. Diego Tavares cruzou rasteiro da direita. Wellissol se antecipou à marcação e chegou batendo de primeira. A bola ainda bateu no pé da trave direita antes de entrar. Ao longo da etapa final, as duas equipes queimaram as cinco alterações a que os times têm direito.

Aos 37, o Amazonas ficou muito perto de retomar a liderança no placar. Após jogada pelo alto, a bola ia entrando devagarinho, mas o goleiro Matheus Nogueira conseguiu puxá-la antes de entrar. A sobra se ofereceu limpa para Patric, que mandou por cima do travessão.

Aos 44, não teve jeito. Patric cobrou escanteio fechadinho pela esquerda e encontrou Jô bem posicionado no primeiro pau. O experiente centroavante fez o desvio e garantiu importante vitória mandante.

PRÓXIMOS JOGOS
O Amazonas vai abrir a 10ª rodada da Série B recebendo a Chapecoense às 21h de quinta-feira (13), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM). O Brusque recebe o Ceará às 16h do próximo domingo (16), no Hercílio Luz, em Itajaí (SC). 

FICHA TÉCNICA

Amazonas
Amazonas
2 1
Brusque
Brusque
Fase Fase:
Única
Fase Rodada:
9ª rodada
Fase Data:
08/06/2024
Fase Horário:
17:00
Fase Árbitro:
Paulo Henrique de Melo Salmazio – MS
Fase Assistentes:
Rafael Trombeta – PR e Diego dos Santos Ruberdo – MS
Fase VAR:
José Claudio Rocha Filho (VAR-FIFA)
Fase Cartões Amarelos:
AMA: Jorge Jiménez e Sassá
BRU: Marcos Serrato e Jhemerson
Fase GOLS:
AMA: Sassá (aos 6′ 2T)
BRU: Wellissol (aos 18′ 2T)
AMA: Jô (aos 44′ 2T)
Fase Público:
5.523 presentes e 1.295 pagantes
Fase Renda:
R$ 40.470
Fase Estádio:
Carlos Zamith
Fase Local:
Manaus (AM)

Confira também: