Série B: Em busca da primeira vitória com Givanildo, Náutico tem baixas

O primeiro desfalque do elenco é o lateral-direito Walber, que deixou o gramado contra o Joinville na última rodada

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 16 (AFI) – Segue a saga de Givanildo Oliveira em busca de uma primeira vitória com o Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de dois empates consecutivos sem gols, o time terá pela frente neste sábado o Paysandu na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), pela 26ª rodada da competição. O confronto está marcado para as 16h30 e pode reaproximar o clube do G4.

Na última quinta-feira, o Timbu apresentou o meia Marco Antônio, um dos protagonistas do título pernambucano em 2004. “É um prazer voltar ao Náutico, que foi o primeiro clube que me abriu as portas. Trago muitas lembranças boas. Volto muito feliz”, afirmou Marco Antônio, que estava no Al-Khor, do Catar. O contrato dele é até o final de 2017 e já está regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

O primeiro desfalque do elenco é o lateral-direito Walber, que deixou o gramado contra o Joinville na última rodada e acabou constatada uma lesão de grau um na panturrilha direita. Ele está vetado pelo Departamento Médico, mas não é a única preocupação do treinador. Isso porque o atacante Rony deixou o treinamento de carro-maca após uma queda de pressão.

Em meio a tudo isso, o volante Rodrigo Souza recebeu o terceiro cartão amarelo e está automaticamente suspenso para o confronto em Pernambuco. Com as baixas, Joazi deve retornar ao time titular, enquanto Hayner ainda briga por uma posição. Além disso, o meia Vinícius já está recuperado de um desconforto muscular e deve voltar no setor de criação.

Com isso, o provável time do Náutico para este sábado conta com Júlio César; Joazi, Adalberto, Rafael Pereira e Gastón; João Ananias, Renan Oliveira (Marco Antônio) e Vinícius; Rony, Jefferson Nem e Bergson.