ELIMINATÓRIAS: Brasil conta com tropeço do Uruguai para assumir a liderança

A Argentina acabou perdendo para o Paraguai e acabou ficando, até o momento, com a vaga na repescagem

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - Foram apenas quatro jogos à frente da Seleção Brasileira, mas o suficiente para o técnico Tite colocar a equipe na liderança das Eliminatórias Sul-Americana. A primeira colocação foi confirmada na noite desta terça-feira com a vitória por 2 a 0 em cima da Venezuela, fora de casa. O treinador está com 100% de aproveitamento.

A 10ª rodada ainda contou com o tropeço da Argentina perante o Paraguai, e o triunfo do Chile para cima do Peru nos minutos finais. O Uruguai, por sua vez, caiu para a segunda colocação ao empatar com a Colômbia, quarto. Em terceiro, o Equador ficou no 2 a 2 com a Bolívia.

Com gol de Mina, Colômbia tira Uruguai da liderança
Com gol de Mina, Colômbia tira Uruguai da liderança

VAI, BRASIL!
Após passar pelo purgatório no primeiro turno das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, quando chegou a estar fora da zona de classificação, a seleção brasileira retomou nesta terça-feira o primeiro lugar na competição com uma vitória de 2 a 0 sobre a Venezuela, no estádio Metropolitano de Mérida, na Venezuela.

Ainda que contra o lanterna do torneio, a quarta vitória seguida sob o comando do técnico Tite, com futebol de toques rápidos, marcação eficiente e faíscas de individualidade, principalmente de Gabriel Jesus e Renato Augusto, consolida a recuperação da seleção, após uma série de insucessos desde a derrota para a Alemanha na semifinal da Copa de 2014.

O jogo foi interrompido aos 28 minutos do segundo tempo por uma queda de energia, mais uma evidência da grave crise que afeta a Venezuela, que provocou protestos da torcida contra o presidente Nicolás Maduro. Cerca de 20 minutos depois, no entanto, a luz retornou parcialmente. Na próxima rodada das Eliminatórias, o Brasil recebe a Argentina, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, em 10 de novembro.

HERMANOS TROPEÇAM!
A Argentina dos últimos anos realmente não sabe como jogar sem Lionel Messi. Com o atacante lesionado, o time já tinha empatado com o Peru na semana passada e, nesta terça-feira, acumulou outro fracasso: perdeu para o Paraguai em casa por 1 a 0, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo.

O único gol do jogo foi marcado por Derlis González, aos 18min do 1º tempo. Depois o time até foi melhor na partida, mas mostrou muita desorganização em campo. Para piorar, Sergio Agüero perdeu um pênalti no 2º tempo, defendido por Villar.

Paraguai liga o sinal de alerta da Argentina
Paraguai liga o sinal de alerta da Argentina

O resultado é péssimo porque o Paraguai conseguiu se aproximar justamente da Argentina na tabela. Os paraguaios ficaram com 15 pontos, apenas um a menos que os argentinos, que estão em 5º lugar, posição que dá uma vaga na repescagem para a Copa do Mundo de 2018.

É claro que o único problema da Argentina não é a ausência de Messi. Mas o desempenho do time sem ele é terrível: nos últimos doze jogos em que Messi esteve ausente, o time conquistou 17 dos 36 pontos possíveis. Foram quatro vitórias, cinco empates e três derrotas. Ou seja, aproveitamento de 47,2%. Já nas três partidas que ele participou o aproveitamento foi de 100%, contra Chile, Bolívia e Uruguai.

COM DANCINHA!
O zagueiro Yerry Mina conquistou a torcida palmeirense em pouco tempo e agora pode ter feito a alegria do Brasil inteiro. Afinal, foi dele o gol que decretou o empate entre Colômbia e Uruguai, por 2 a 2, nesta terça-feira, resultado que permitiu a Seleção Brasileira assumir a liderança das Eliminatórias para Copa do Mundo .

O Uruguai até gostou do empate fora de casa pela pressão sofrida na etapa final, mas acabou caindo para a segunda colocação, com 20 pontos. A Colômbia, por sua vez, se garantiu nas quatro primeiras colocações. com 17.

Mina fez bonito no empate da Colômbia com Uruguai
Mina fez bonito no empate da Colômbia com Uruguai

Na frente dos colombianos, está o Equador, que saiu atrás no placar diante da Bolívia por 2 a 0, mas acabou buscando o empate por 2 a 2. A equipe equatoriana vem perdendo o fôlego neste início de segundo turno, enquanto os bolivianos tenta uma reação para seguir sonhando com uma vaga na Copa do Mundo.

O empate, com gosto de derrota, deixou a Bolívia na penúltima colocação, com oito pontos. O Equador tem 17, porém, sem mais aquela 'gordurinha' que o vinha garantindo dentro do G4.

OLHO NO CHILE!
O Chile está vivo na luta por uma vaga na Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia. Com dois gols do meia Arturo Vidal, o segundo já aos 40 minutos do segundo tempo, o atual campeão da Copa América e da Copa América Centenário derrotou o Peru por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Nacional, em Santiago, pela 10.ª rodada - a primeira do returno - das Eliminatórias Sul-Americanass.

A vitória sobre o rival histórico faz o Chile seguir na sétimo colocação com 14 pontos, mas agora mais perto da zona de classificação ao Mundial. A Argentina foi derrotada em casa pelo Paraguai e está na quinta colocação - que leva a uma repescagem contra um representante da Oceania -, com 16 pontos. Os paraguaios estão em sexto com 15. Entre as vagas diretas, o quarto lugar é da Colômbia com 17.

Já o Peru vê a sua situação ficar muito complicada. O time comandado pelo técnico argentino Ricardo Gareca está na oitava colocação com oito pontos, bem distante de uma vaga na Copa. Na 11.ª rodada, no dia 10 de novembro, buscará a reabilitação contra o Paraguai, em Assunção. O Chile também jogará como visitante contra a Colômbia, em Barranquilla.

Confira os resultados da 10ª rodada
Bolívia
2
x
2
Equador
Colômbia
2
x
2
Uruguai
Chile
2
x
1
Peru
Argentina
0
x
1
Paraguai
Venezuela
0
x
2
Brasil
Próxima RodadaVeja a Classificação!