Presidente do Goiás critica CBF e admite necessidade de reforços

Paulo Rogério Pinheiro reprova a medida da Confederação Brasileira de Futebol que impõe prazos e datas para novas contratações.

‘’Isso é uma manobra que foi feita só para beneficiar os times grandes’’, disse o presidente do Goiás sobre a nova janela de transferências criada pela CBF.

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 24/06/2022

Presidente do Goiás critica CBF
Foto: Divulgação/Goiás

Goiânia, GO, 24 (AFI) – Em vídeo publicado nas redes sociais, o presidente do Goiás, Paulo Rogério Pinheiro, ressaltou a importância de novos reforços para a equipe, que tem sofrido com a constante perda de jogadores por lesões durante o Campeonato Brasileiro. O dirigente criticou a nova janela de transferências da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que impõe prazos e datas para novas contratações. 

“Isso é uma manobra que foi feita só para beneficiar os times grandes, que têm elenco com mais de 50 jogadores. Enquanto o Goiás tinha 31 atletas em condições de jogar e destes 31, muitos são do sub-17 e do sub-20. Então fizeram essa janela para evitar que times como o Goiás contratem durante a temporada”, disse o presidente. 

Jair Ventura 2
Jair Ventura é o atual treinador do Goiás (Foto: Divulgação/Goiás)

REFORÇOS NO GOIÁS 

Sobre novas contratações para a equipe de Jair Ventura, Paulo Rogério explica que não é tarefa tão fácil, já que hoje o clube precisa cuidar dos atletas lesionados.

“Se o problema fosse tão simples, como a mão de obra, em uma canetada já teríamos trocado todo mundo, mas não é isso. As lesões são diferentes de contusões, o que aconteceu com o Da Silva foi uma contusão, uma fatalidade do futebol. Mas as lesões musculares estão acontecendo em todos os esportes de alto rendimento e nos futebol é uma coisa assustadora”, pontuou. 

Pelo Brasileirão, o Goiás é décimo sétimo colocado na tabela, o primeiro do Z-4, com 14 pontos. A última vez que entrou em campo pela competição foi no domingo (19), na derrota para o Corinthians por 1 a 0. Pela Copa do Brasil, o Esmeraldino protagonizou o clássico contra o Atlético-GO pela partida de ida das oitavas de final do torneio – o jogo terminou 0 a 0.

Confira também: