Série B: Delegação do Braga segue treinando em Atibaia/SP

O gerente de futebol do clube, André Gaspar, cuidou da logística da intertemporada do Massa Bruta

Os jogadores e comissão técnica do Bragantino seguem realizando intertemporada no centro de treinamentos do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Atibaia. Desde a noite da última segunda-feira a delegação está concentrada no local

Por: Agência Futebol Interior, 07/11/2013

Bragança Paulista, SP, 06 (AFI) – Os jogadores e comissão técnica do Bragantino seguem realizando intertemporada no centro de treinamentos do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Atibaia. Desde a noite da última segunda-feira concentrado no local, os jogadores buscam a reabilitação na partida desta sexta-feira, contra o Atlético (GO), que pode deixar o time bem mais tranquilo na Série B, abrindo uma boa vantagem na luta pela fuga da proximidade da zona do rebaixamento.

Responsável pela logística da intertemporada, programada desde o domingo, o gerente de futebol do Bragantino, André Gaspar (foto ao lado), cuidou dos detalhes para que o clube ficasse isolado para focar apenas no trabalho que pode deixar o Braga numa situação melhor dentro da competição.

“Nós conversamos logo após a partida contra o Oeste e o Marcelo pediu para que saíssemos de Bragança e buscássemos um local onde pudéssemos trabalhar e focar a partida contra o Atlético em primeiro momento e depois as demais da competição. O CT do Marcelinho foi o primeiro nome sugerido e conseguimos o acerto para ficar aqui até a próxima terça-feira”, falou o gerente do Braga.

A programação está marcada com treinamentos até a tarde desta quinta-feira, já que na sexta o time enfrenta o Atlético no Nabizão. No sábado a equipe retorna para Atibaia e fica até terça-feira, saindo para enfrentar o Icasa (CE) novamente no Nabizão.

“Nós fizemos uma programação que desse toda a tranquilidade para todos no CT. Levamos todo o plantel, à exceção daqueles que não estão em condições de jogo por estarem no DM, toda nossa fisioterapia para tratar os atletas, além de contarmos com a presença do nosso médico todos os dias para avaliar os jogadores. A estrutura do local é perfeita e unida à nossa logística, estamos realizando um bom trabalho”, explicou André Gaspar.