Goiás tem força máxima para se manter vivo na luta contra o rebaixamento

O atacante Fernandão era dúvida após se contundir contra o Botafogo, mas treinou normalmente

Publicado em .

O atacante Fernandão era dúvida após se contundir contra o Botafogo, mas treinou normalmente

Goiânia, GO, 19 (AFI) - Em um dos jogos mais importantes da temporada 2020, o Goiás recebe o Red Bull Bragantino neste domingo para seguir com chances de se livrar do rebaixamento. O duelo válido pela penúltima rodada do Brasileirão está marcado para as 20h30, na Serrinha.

O Goiás chega para o confronto embalado por duas vitórias e um empate na última rodada. Na 18ª colocação, o time esmeraldino tem 36 pontos e não quer se juntar a Coritiba e Botafogo, matematicamente rebaixados para a Série B.

"Estou bem confiante apesar de termos tido chance de sair da zona de rebaixamento antes. Temos mais dois jogos, nossa confiança subiu depois da vitória sobre o Botafogo, estou bastante confiante", disse o lateral-esquerdo Jefferson.

Goiás vem de vitória sobre o Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Goiás vem de vitória sobre o Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
ARTILHEIRO TÁ DENTRO
A principal preocupação era com o atacante Fernandão, que deixou o campo na vitória sobre o Botafogo, por 2 a 0, com o tornozelo inchado. Ele, porém, treinou normalmente durante a semana e vai para o jogo.

Com isso, os técnicos Glauber Ramos e Augusto César devem repetir a escalação diante do Botafogo. O zagueiro David Duarte ficou de fora do último jogo por conta de dores no joelho e é dúvida.

DIEGO EVITA COMENTAR TEMPORADA DO FLAMENGO. VEJA O MOTIVO!

Espaço incorporado por HTML (embed)


PENDURADOS
Alguns jogadores, porém, precisam ficar atentos pois estão pendurados e se forem amarelados desfalcam o Goiás na última rodada, como os zagueiros Heron e Chico, os laterais Jefferson e Taylon, o volante Ariel Cabral e os atacantes Fernandão e Índio.

GOIÁS - Marcelo Rangel; Shaylon, Fábio Sanches, Heron e Jefferson; Breno, Henrique Lordelo e Miguel Figueira; Vinícius Lopes, Rafael Moura e Fernandão. Técnico: Glauber Ramos.