Luto! Acidente aéreo mata presidente e jogadores de clube da Copa Verde

Lucas Meira, presidente do Palmas, e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari estavam no avião

Publicado em .

Lucas Meira, presidente do Palmas, e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari estavam no avião

Palmas, TO, 24 (AFI) - O futebol brasileiro está de luto! Neste domingo, um acidente aéreo vitimou Lucas Meira, empresário e presidente do Palmas, os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, e o comandante Wagner.

O avião de pequeno porte caiu logo depois de decolar, no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação, em Palmas, e não houve sobreviventes. Todos viajavam para Goiânia, onde o Palmas enfrentaria o Vila Nova nesta segunda-feira pelas oitavas de final da Copa Verde. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) adiou o jogo no início da tarde de domingo.

Lucas Meira estava no avião. (Foto: Reprodução)
Lucas Meira estava no avião. (Foto: Reprodução)

ORAÇÕES!
O acidente, segundo nota oficial do Palmas, ocorreu por volta das 8h15 deste domingo. "Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar", diz o clube tocantinense.

O Vila Nova, adversário do Palmas na Copa Verde, também se manifestou nas redes sociais.

"O Vila Nova deseja que todos os amigos e familiares das vítimas sejam consolados no colo do Pai neste momento de tamanha angústia e tristeza. O clube afirma, ainda, que corroborará com o adiamento da partida e fará homenagem aos ocupantes no jogo da próxima quinta-feira, 28, pelo Campeonato Goiano", diz a nota do time goiano.

Na primeira fase, o Palmas eliminou o Real Noroeste ao vencer, por 2 a 0, no Nilton Santos, na capital do Tocantins.