Conmebol reduz pena e goleiro do Fluminense pode voltar a jogar

Após um ano e sete meses, o goleiro Rodolfo pode voltar a jogar pelo Fluminense

Publicado em .

Após um ano e sete meses, o goleiro Rodolfo pode voltar a jogar pelo Fluminense

Rio de Janeiro, RJ, 13 (AFI) - Após um ano e sete meses, o goleiro Rodolfo pode voltar a jogar pelo Fluminense. O goleiro tricolor teve um recurso aceito pela Conmebol, qua reduziu a pena do atleta, que havia sido suspenso por um caso de doping em 2019 e liberou o atleta para voltar a jogar.

RELEMBRE

O goleiro do Flu foi suspenso por três anos após testar positivo para benzoilecgonina, uma substância que é proibida no regulamento de doping da Conmebol. Na ocasião, o Flu venceu o Atlético Nacional-COL, por 4 a 1, no dia 23 de maio de 2019.

Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC
Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Desde então, o goleiro tricolor entrou com dois recursos na Conmebol, um em maio do ano passado, que determinou a volta do atleta aos treinos e jogos a partir de 23 de março de 2021 outra em agosto de 2020, que manteve a decisão da organização.

RETORNO?

Porém, a partir das novas regras da Agência Mundial Antidoping, que começaram a valer desde 1º de janeiro, a história mudou. No dia 4 de janeiro, o goleiro entrou com outro recurso, que foi aceito, liberando o atleta para voltar à campo.

Com 29 anos, Rodolfo tem contrato com o Flu até o fim de 2021. Reserva na época em que sofreu a punição, o clube ainda não definiu se contará com o goleiro em seu elenco novamente ou não.