Clube da Copa Verde pede adiamento da estreia por causa da Covid-19 no estado rival

Vencedor desse jogo, se tiver, enfrentará, nas oitavas de final, o Rio Branco-AC em 27 de janeiro, às 18 horas, na Arena Acreana

Publicado em .

Vencedor desse jogo, se tiver, enfrentará, nas oitavas de final, o Rio Branco-AC em 27 de janeiro, às 18 horas, na Arena Acreana

Tucuruí, PA, 09 (AFI) - A diretoria do Independente, temendo um surto de Covid-19, pediu, para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o adiamento da partida contra o Fast Clube pela primeira fase da Copa Verde. O duelo está marcado para 20 de janeiro, às 17 horas, na Arena da Amazônia, em Manaus.

O Amazonas está na bandeira vermelha por causa do aumento de casos de Covid-19. A diretoria paraense não quer expor seus jogadores e teme que um surto da doença atinja os dois times.

Independente não quer jogar em Manaus. (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)
Independente não quer jogar em Manaus. (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)
"Considerando o Decreto de Estado de Emergência em Manaus por 180 dias, inclusive, mantido pelo Desembargador Délcio Luís Santos, mantendo lockdown pelo risco de contaminação e por alto índice de ocupação de leitos nos hospitais daquela cidade", diz o documento assinado pelo presidente do Independente, Rosalvo Afonso Fernandes.

Por falta de data, a CBF, que ainda não se posicionou, dificilmente adiará a partida. O vencedor desse jogo, se tiver, enfrentará, nas oitavas de final, o Rio Branco-AC em 27 de janeiro, às 18 horas, na Arena Acreana.

DETALHES

Por conta da pandemia de covid-19, o novo coronavírus, a competição começa apenas em 20 de janeiro de 2021, com a grande decisão prevista para 24 de fevereiro, e conta com clubes da região Norte e Centro-Oeste do Brasil, além do Espírito Santo. A Copa Verde, cujo atual campeão é o Cuiabá, oferece ao campeão uma vaga à terceira fase da Copa do Brasil de 2021.