Nacional 2 x 1 Primavera - Lobo marca dois, Naça vence e carimba vaga nas quartas!

Com o resultado, o Nacional terminou a primeira fase na oitava colocação, com 21 pontos

Publicado em .

Com o resultado, o Nacional terminou a primeira fase na oitava colocação, com 21 pontos

São Paulo, SP, 10 (AFI) - Com vitória por 2 a 1, o Nacional não precisou depender de outros resultados e garantiu sua classificação às quartas de final do Campeonato Paulista Série A3. Neste sábado, recebeu o Primavera no Estádio Nicolau Alayon e conquistou a última vaga do G8, com dois gols de Guilherme Lobo.

Com o resultado, o Nacional terminou a primeira fase na oitava colocação, com 21 pontos. Já o Primavera ficou em 13º com 15 pontos e segue na terceira divisão estadual. Nas quartas, Naça vai encarar o líder Noroeste em ida e volta.

Espaço incorporado por HTML (embed)

PRIMEIRO TEMPO MOVIMENTADO

O primeiro tempo em São Paulo foi bem movimentado. O Primavera começou bem no ataque e sua primeira finalização foi com Jardisson, aos 13 minutos.

Depois, aos 14, após cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área e Renato quase marcou, mas o chute foi para fora. Aos 18, o Primavera quase abriu o placar com Vitor Nevez, que chutou de fora da área. Iria ser um golaço, se não fosse a excelente defesa do goleiro Douglas.

Foto: Bruno Ulivieri/ Nacional AC
Foto: Bruno Ulivieri/ Nacional AC

PLACAR ABERTO

Quem abriu o placar, porém, foi o Nacional. Aos 25 minutos, André acionou Ricardinho na esqueda, que deu um passe rasteiro para Guilherme Lobo. Dentro da área, ele chutou de primeira para fazer.

No lance seguinte, os visitantes assustaram de novo. A bola foi tocada para a área e Jardisson, muito inteligente, fez o 'corta-luz' para Thiago Nonato. Ele chutou rasteiro e Douglas salvou o Nacional de novo.

Aos 36, Wellington poderia ter ampliado o placar. Após ganhar da marcação, ele invadiu a área, cara a cara, mas perdeu a passada e não conseguiu finalizar. O goleiro Cléber, bem atento, saiu do gol e fez a defesa.

SEGUNDO TEMPO

Com mais tranquilidade, o Nacional conseguiu administrar melhor o jogo e o segundo tempo foi mais tranquilo. Os visitantes tentavam chegar ao ataque, mas com dificuldades. Aos 28, teve boa chance com Renato arriscando de fora da área, mas a bola foi por cima.

Na parte final, porém, o jogo voltou a ficar aberto. O Nacional ampliou sua vantagem aos 36 minutos, novamente com Guilherme Lobo. Wellington fez grande jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do atacante, que não desperdiçou.

Ainda deu tempo do Primavera descontar. Marcelinho converteu pênalti aos 47 minutos, mas já era tarde demais.