Cuiabá x Ponte Preta - Renovada, Macaca tenta desbancar o líder

A partida na Arena Pantanal vai marcar a estreia de Marcelo Oliveira no comando da Ponte

Publicado em .

A partida na Arena Pantanal vai marcar a estreia de Marcelo Oliveira no comando da Ponte

Cuiabá, MT, 08 (AFI) - A Arena Pantanal vai receber nesta sexta-feira, a partir das 18h30 (horário de Brasília), um dos principais jogos da 15ª rodada da Série B do Brasileiro. Candidatos ao acesso, Cuiabá e Ponte Preta fazem um confronto direto.

Invicto há sete jogos na Série B e líder isolado, com 29 pontos, o Dourado ainda não foi derrotado como mandante nesta temporada. São oito vitórias e quatro empates. O último revés foi no dia 30 de novembro de 2020, para o Vila Nova.

A Macaca vem embalada pela vitória sobre o Guarani no tradicional dérbi campineiro, por 2 a 0, e também vai ter a estreia do técnico Marcelo Oliveira, substituto de João Brigatti. Com 24 pontos, a Ponte ocupa a terceira colocação.

Ponte Preta vem renovada com a vitória no dérbi (Foto: Álvaro Júnior/Ponte Press)
Ponte Preta vem renovada com a vitória no dérbi (Foto: Álvaro Júnior/Ponte Press)
OS TIMES!
Apesar de não ter feito uma boa partida em Caxias do Sul - escapou da derrota para o Juventude ao empatar por 1 a 1 -, o Cuiabá vai manter a base. A única alteração será na lateral-direita com a volta de Lucas Ramon.

Com uma lesão muscular, o atacante Felipe Ferreira vai ficar afastado dos gramados por aproximadamente três semanas. Ele já havia desfalcado o Dourado contra o Juventude. Com isso, Yago segue entre os titulales.

Estreante, Marcelo Oliveira não fez mistério e confirmou a Ponte Preta com apenas duas alterações no time titular. Lesionado, o lateral-esquerdo Ernandes será substituído por Guilherme Lazaroni. No meio-campo, Luis Oyama entra no lugar de Neto Moura, suspenso pelo terceiro amarelo.

"São pequenos ajustes que percebemos no clássico, principalmente no primeiro tempo em relação a marcação e compactação. Não temos mudanças em relação a nomes a não ser por ausências", disse o substituto de João Brigatti.