Série C: Técnico do Criciúma pede melhora após estreia: 'Terá que agredir mais'

"Quando estiver na intermediária ter opções para furar a marcação e vencer dentro de campo", disse Roberto Cavalo

Publicado em .

"Quando estiver na intermediária ter opções para furar a marcação e vencer dentro de campo", disse Roberto Cavalo

Criciúma, SC, 11 (AFI) - O Criciúma estreou no Campeonato Brasileiro da Série C na noite desta segunda-feira, quando foi ao estádio do Café, em Londrina (PR), e não saiu do empate sem gols com o Londrina. Michel, porém, desperdiçou penalidade máxima e impediu triunfo visitante. Após o duelo, o técnico Roberto Cavalo analisou o resultado.

"Jogamos para vencer, mas o resultado não veio. Da maneira que empatamos fora de casa, talvez por falta de entrosamento, não vamos dizer que está bom. Mas um ponto fora de casa é importante. Queríamos a vitória e tivemos a chance de marcar no pênalti. Se não dá para vencer, também não pode perder fora de casa", afirmou o comandante.

Roberto Cavalo — Foto: Celso da Luz/www.criciuma.com.br
Roberto Cavalo — Foto: Celso da Luz/www.criciuma.com.br

A equipe catarinense agora já foca no Boa Esporte, adversário do próximo sábado. Os times vão se enfrentar às 19h, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. O treinador carvoeiro ainda projetou o que espera melhorar para a sequência da temporada.

"Eu gostei da postura, mas o rendimento poderia ser melhor. Perdemos em alguns momentos a segunda bola, mas nossa posse de bola foi boa, porém, muito atrás. Tem que ser uma posse mais na linha de frente. O time terá que agredir mais. Quando estiver na intermediária ter opções para furar a marcação e vencer dentro de campo", encerrou.