Paulistão: Clubes e Federação discutem retorno com Tribunal do Trabalho

Uma nova audiência foi designada para o dia 13 de julho quando serão discutidos termos do protocolo para retomada dos jogos

Publicado em .

Uma nova audiência foi designada para o dia 13 de julho quando serão discutidos termos do protocolo para retomada dos jogos

Campinas, SP, 30 (AFI) - A desembargadora Ana Paula Pellegrina Lockmann, coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas do TRT da 15ª Região, presidiu nesta terça-feira a terceira audiência de mediação pré-processual com a Federação Paulista de Futebol, bem como os representantes dos atletas, árbitros, treinadores e clubes de futebol que integram a Série A1 do Campeonato Paulista de 2020, para discutir o retorno dos treinos e dos jogos.

O encontro, com os mesmos participantes da primeira e da segunda audiências, que ocorreram respectivamente nos dias 11 e 17/6 , reuniu, entre outros, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho Guilherme Augusto Caputo Bastos (convidado pela desembargadora Ana Paula Lockmann como observador), o secretário de Estado de Esportes, Aildo Rodrigues, o vice-presidente da Federação Paulista de Futebol, Mauro Silva, os procuradores do Ministério Público do Trabalho Fábio Messias Vieira e Ronaldo José de Lira, o subprocurador-geral do Ministério Público Estadual, Arnaldo Hossepian Salles de Lima Junior, o médico Moisés Cohen, presidente do Comitê Médico da Federação Paulista de Futebol, além de representantes dos 16 clubes que integram a Série A1 do Campeonato de 2020 e dos cinco sindicatos paulistas relacionados ao esporte (Associação de Clubes de Futebol, dos Atletas Profissionais, dos Treinadores Profissionais do Estado e da Região do ABC, e dos Árbitros de Futebol).

AUDIENCIAS FUNDAMENTAIS
De acordo com a desembargadora Ana Paula Pellegrina Lockmann, essas audiências têm sido fundamentais pela possibilidade de manter o diálogo com os envolvidos e garantir um retorno gradual do futebol paulista com toda segurança possível.

A magistrada ressaltou o bom exemplo que o estado de São Paulo dá ao país, em tempos de pandemia, com a disposição de obedecer rigorosamente aos protocolos criados para o retorno dos atletas aos jogos, iniciado com uma fase de testes físicos, fisiológicos e bioquímicos dos jogadores, visando à avaliação de suas condições, e agora, para o reinício dos treinamentos a partir de amanhã, 1/7, primeiro individuais e, depois, coletivamente.

AINDA SEM DATAS
Ainda sem data marcada para o início dos jogos do Campeonato da Série A1 de futebol, representantes da Federação Paulista de Futebol e dos sindicatos, bem como membros do Ministério Público do Trabalho, do Ministério Público Estadual e o próprio secretário de esportes que participaram das audiências concordaram com a retomada dos treinos pelos clubes, desde que cumpridos os protocolos criados pela Federação e seus gestores, especialmente com acompanhamento da área médica, para que não haja retrocessos.

Também foi designada nova audiência para o dia 13 de julho, às 10h30, quando serão discutidos os termos do protocolo (que será divulgado no dia 7/7) para a retomada dos jogos no segundo semestre.