Por uso ilegal de rua, Corinthians precisa pagar mais de R$ 21 milhões à Prefeitura

O departamento jurídico corintiano deve recorrer da decisão em segunda instância

Publicado em .

O departamento jurídico corintiano deve recorrer da decisão em segunda instância

São Paulo, SP, 25 (AFI) - A fase do Corinthians, principalmente fora de campo, não é nada boa. O clube foi surpreendido com a condenação para pagar R$ 21,5 milhões à Prefeitura de São Paulo.

A multa é referente ao fato do Corinthians ter utilizado uma rua ao lado do Parque São Jorge como estacionamento privado. A condenação foi publicada no Diário da Justiça de São Paulo nesta quinta-feira.

Corinthians usava terreno de forme irregular
Corinthians usava terreno de forme irregular
O Corinthians ainda não se pronunciou publicamente sobre o assunto, mas a tendência é que recorra da decisão em segunda instância.

Em 1996, o Corinthians recebeu o terreno de forma gratuita por um período de 99 anos. Mas depois o município entrou com uma ação de reintegração de posse.

Tanto que, em 2015, o Corinthians retirou grades e muros que tornavam o espaço um estacionamento privado.