Ex-meia do Real revela que vodka era "sua melhor amiga" em Madrid

Ex-jogador holandês acumulou 66 jogos com a camisa merengue e 11 gols

Publicado em .

Ex-jogador holandês acumulou 66 jogos com a camisa merengue e 11 gols

Campinas, SP, 24 (AFI) - O meia Sneijder é ídolo da Holanda e tem uma carreira de sucesso por onde passou. O que pouca gente sabe é que ele teve um período de bebedeira e logo quando vestia a camisa do Real Madrid, um dos maiores clubes do mundo.

"Eu estava sozinho em Madrid, vinha pouco à Holanda. E por que não ficar sozinho quando você tem amigos para passar o tempo livre? O que eu não notei é que em Madrid, a garrafa de vodka era minha melhor amiga", contou ele em sua autobiografia divulgada pela imprensa holandesa.

"Garçom, nessa mesa de bar..." (Foto: Real Madrid / Divulgação)
"Fisicamente eu nem percebi, continuei jogando. Mas bem menos concentrado. Minha atitude não era digna do Real Madrid. Menti para mim mesmo e apaguei minha inteligência no futebol. Afundei fisicamente. Corri menos, escondi minha técnica, achei que ninguém notaria", completou.

CARREIRA!
Sneijder acumulou 66 jogos com a camisa merengue e 11 gols. Ele esteve em Madrid entre 2007 e 2009, quando foi vendido para a Inter de Milão. O meia, aposentado na temporada passada, ainda atuou por Ajax, Galatasaray, Nice e Al-Gharafa. Sneijder acumula três Copas do Mundo pela Holanda.

"Como jogador, você é adorado. Eu era muito jovem e aproveitei do sucesso e da atenção. Eu me acostumei com isso. Joguei muito bem, mas ainda poderia ter feito melhor", disse.