São Paulo projeta Libertadores e deve poupar Juanfran e Antony diante da Ponte

Após o jogo pelo Estadual, o São Paulo entra em campo na quinta-feira, para enfrentar o Binacional, do Peru

Publicado em .

Após o jogo pelo Estadual, o São Paulo entra em campo na quinta-feira, para enfrentar o Binacional, do Peru

São Paulo, SP, 28 - O São Paulo deve poupar o lateral-direito Juanfran e o atacante Antony na partida diante da Ponte Preta, neste domingo, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. A intenção do técnico Fernando Diniz é tentar contar com ambos na estreia da Copa Libertadores da América.

Após o jogo pelo Estadual, o São Paulo entra em campo na quinta-feira, para enfrentar o Binacional, do Peru, no estádio Guillermo Briceño Rosamedina, na cidade de Juliaca, na estreia pelo Grupo D.

São Paulo projeta Libertadores e deve poupar Juanfran e Antony diante da Ponte
São Paulo projeta Libertadores e deve poupar Juanfran e Antony diante da Ponte
Juanfran está com dores na panturrilha direita e ficou fora do treino desta sexta-feira. O espanhol já não havia participado da atividade no dia anterior. O São Paulo faz mais um treino neste sábado, mas dificilmente Fernando Diniz vai relacionar o lateral-direito para o jogo pelo Paulistão.

Já Antony não teve diagnosticada uma lesão grave no tornozelo esquerdo, mas o entorse que sofreu no treino de quarta-feira vai impedi-lo de entrar em campo neste domingo. O atacante também é dúvida para o jogo de estreia na Libertadores.

O jogador vai realizar tratamento conservador, sem necessidade de intervenção cirúrgica, e o departamento médico vai avaliá-lo diariamente antes de liberá-lo para os treinos. A participação contra o Binacional não está descartada.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO
Igor Vinícius entra no lugar de Juanfran na lateral-direita. No ataque, Pablo ganha uma nova chance ao lado de Alexandre Pato e Vitor Bueno. O São Paulo deve jogar diante da Ponte Preta com: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Pablo, Vitor Bueno e Alexandre Pato.