Ferroviária x Avaí - Ferrinha busca vitória na Copa do Brasil para aliviar pressão

O time paulista precisa vencer, pois os catarinenses jogam pelo empate por estarem melhores posicionados no ranking da CBF

Publicado em .

O time paulista precisa vencer, pois os catarinenses jogam pelo empate por estarem melhores posicionados no ranking da CBF

Araraquara, SP, 12 (AFI) - A Ferroviária tem um grande desafio nesta quinta-feira, às 16h30, na Arena Fonte Luminosa.

O time atua pela primeira fase da Copa do Brasil, diante do Avaí, e precisa vencer para avançar.

Por estar melhor colocado no ranking da CBF, o Avaí tem a vantagem do empate. Quem se classificar, encara Águia Negra-MS ou Sampaio Corrêa-MA.

FERROVIÁRIA

A única dúvida do técnico Sérgio Soares está na defesa. Max e Elton disputam a vaga deixada por Rayan, que vai precisar passar por uma cirurgia no rosto e ainda não sabe quanto tempo será desfalque.

A classificação na Copa do Brasil aliviaria também a pressão em cima do treinador, que se defendeu ao citar o pouco tempo que está no clube.

A Ferrinha é lanterna do grupo no Paulistão e está perto do Z2 na classificação geral.

"Eu sou treinador, não sou mágico. Lógico que queremos resultados, mas é preciso ponderar outras situações.

Estamos trabalhando há 20 dias, o resultado não é o que a gente quer, mas vejo a equipe em uma crescente", disse Sérgio Soares.

Sérgio Soares quase foi demitido nos últimos dias
Sérgio Soares quase foi demitido nos últimos dias

AVAÍ

Regularizados apenas neste semana, os recém-contratados atacantes Kelvin e Gastón Rodriguez ainda não são opções ofensivas no Avaí.

Por outro lado, o zagueiro Zé Marcos está na lista de relacionados após cumprir suspensão.

O técnico português Augusto Inácio realizou um treino fechado para a imprensa logo no começo de quarta-feira.

Depois, o treinador avaiano concedeu entrevista coletiva e comentou a situação dos atacantes.

"Ter os nomes aqui é uma coisa, poder contar com eles é outra. Adryan ainda não treinou comigo e não podemos contar com ele.

Kelvin chegou agora, esteve onze meses parado, está trabalhando resistência e força. Vamos com calma preparar os jogadores", ponderou.