Santos x Botafogo-SP - Peixe e Pantera tentando se recuperar de derrotas doloridas

O Santos vem de derrota para o rival Corinthians, enquanto o Botafogo perdeu em casa para o Mirassol por 6 a 0

Publicado em .

O Santos vem de derrota para o rival Corinthians, enquanto o Botafogo perdeu em casa para o Mirassol por 6 a 0

Santos, SP, 09 (AFI) – Encerrando a quinta rodada do Campeonato Paulista, Santos e Botafogo-SP se enfrentam nesta segunda-feira, às 20 horas, na Vila Belmiro.

Com sete pontos, o Santos lidera o Grupo A, que conta ainda com Ponte Preta, Água Santa e Oeste. Em quatro jogos, o time da Baixada empatou com Red Bull Bragantino, venceu Guarani e Inter de Limeira e perdeu para o rival Corinthians.

BOTAFOGO EM CRISE
O Botafogo, por sua vez, ainda procura a primeira vitória na competição. Com apenas um ponto, a equipe de Ribeirão Preto está na lanterna do Grupo B, que conta ainda com Palmeiras, Santo André e Novorizontino.

Depois de perder para o Corinthians, por 4 a 1, Ponte Preta, por 1 a 0, e empatar com o Ituano por 2 a 2, o Botafogo conheceu sua pior derrota na competição na última rodada e perdeu em casa para o Mirassol por 6 a 0.

REFORÇOS EM TODAS AS POSIÇÕES
O Santos também tenta se recuperar da derrota para o Corinthians por 2 a 0, mas conta com reforços em todas as posições para a partida desta segunda. O zagueiro Lucas Veríssimo se recuperou de lesão e o lateral-direito Madson, que chegou do Athletico-PR, já pode estrear.

No meio de campo, mais reforços, já que Alison e Carlos Sánchez estão recuperados fisicamente. No ataque, o venezuelano Soteldo está de volta após disputar o Pré-Olímpico.

MAIS DEFENSIVO
Para essa partida, o Botafogo deve adotar uma postura mais cautelosa. O técnico Wagner Lopes afirmou que vai fazer mudanças no time e deve mandar a campo uma escalação mais defensiva.

Botafogo passou vergonha contra o Mirassol
Botafogo passou vergonha contra o Mirassol
“A mudança partiu de mim, não estava funcionando. Não adianta dar murro em ponta de faca, pois nossa realidade é outra.

Nunca fui fechado numa maneira só de atuar, muito pelo contrário, o treinador tem que se adaptar a uma mudança de rumos”, explicou o treinador.

O zagueiro Didi deve ser escolhido para atuar como volante e terá Edson Júnior e Jonata Machado ao seu lado, formando um meio de campo mais pegador.

Assim, Willian Oliveira, Ferreira e Calabres deixam o time. Na defesa, Jordan assume a vaga de Didi. Outra mudança provável é a entrada de Francis no lugar de Rafinha no ataque.