Para Ferreirão, 'bichão papão' de acessos, treinador é um verdadeiro ator

De manhã, ele se transforma num delegado de polícia, mais tarde no Padre Marcelo e depois no Tarcísio Meira.

Publicado em .

De manhã, ele se transforma num delegado de polícia, mais tarde no Padre Marcelo e depois no Tarcísio Meira.

Campinas, SP, 14 (AFI) – Um dos treinadores mais vitoriosos do Interior de São Paulo, com mais de 20 acessos na carreira, o experiente Luiz Carlos Ferreira sabe que a profissão exige muito jogo de cintura. Nesta terça-feira, dia 14 de janeiro, Dia do Treinador, é de forma bem humorada que ele define a vida de um profissional no Brasil.

Ferreirão: Rei dos Acessos
Ferreirão: Rei dos Acessos
“Técnico de futebol é um verdadeiro ator, diante de todas as dificuldades do dia-a-dia.

De manhã, ele se transforma num delegado de polícia, mais tarde no Padre Marcelo e depois no Tarcísio Meira. E pode terminar se transformando no Chico Anísio”.

Ferreira dirigiu, com sucesso, muitos clubes como Santo André, São Caetano, Marília, Ponte Preta, Guarani, Ferroviária, Juventus, Taubaté, Matonense, Sport Recife e Figueirense entre outros.