Oeste x Criciúma - Jogo que fecha uma Série B para ser esquecida

Os dois times brigaram contra o rebaixamento durante quase toda a competição e apenas o Oeste conseguiu escapar

Publicado em .

Os dois times brigaram contra o rebaixamento durante quase toda a competição e apenas o Oeste conseguiu escapar

Barueri, SP, 28 (AFI) – Oeste e Criciúma se despedem da Série B nesta sexta-feira, às 21h30, na Arena Barueri. O jogo serve apenas para cumprir tabela, já que as duas equipes não podem mais alterar suas situações na competição.

Com 41 pontos, o Oeste é o 15º colocado e, apesar de campanha irregular, conseguiu escapar do rebaixamento. O Rubrão ainda pode ser ultrapassado pelo Figueirense, que tem um ponto a menos, portanto termina a competição como 15º ou 16º, logo acima do Z4.

Já o Criciúma vive seus últimos dias na Série B, pelo menos por um ano. A equipe catarinense já está rebaixada e vai para a Série C ao lado de Vila Nova, São Bento e Londrina. Todos então empatados com 36 pontos então a última rodada serve ao menos para tentar se afastar da lanterna.

Rebaixado, Criciúma se despede da Série B nesta sexta (Foto: Divulgação/Criciúma)
Rebaixado, Criciúma se despede da Série B nesta sexta (Foto: Divulgação/Criciúma)
RUBRÃO ESCALADO
No Oeste, o meia Elvis e o zagueiro Cléber Reis foram liberados mais cedo e já nem serão relacionados para essa partida, tendo as férias antecipadas.

Na defesa, o técnico Renan Freitas promove a entrada de Lídio no lugar de Cléber Reis. Já no meio de campo, Betinho deve ser o escolhido para a vaga de Elvis. Welliton também deve ganhar uma oportunidade no ataque.

WESLEY NÃO JOGA
Pelos lados do Criciúma, o clima é de decepção pelo rebaixamento. O técnico Roberto Cavalo tenta motivar a equipe para a última partida, mas sabe que a dor do rebaixamento ainda afeta os atletas.

Em campo, a única ausência é o experiente evolante Wesley, que está suspenso. O treinador vai promover a entrada de Luquinha em seu lugar, e deve manter a base que vem entrando em campo nas últimas rodadas.