Fluminense repete time em busca de reação em reencontro com Fernando Diniz

Em má fase no Brasileiro, Tricolor das Laranjeiras mede forças com o primeiro treinador da temporada 2019

Publicado em .

Em má fase no Brasileiro, Tricolor das Laranjeiras mede forças com o primeiro treinador da temporada 2019

Rio de Janeiro, RJ, 07 - Bastante pressionado pelo risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Fluminense vai reencontrar o seu primeiro técnico na temporada - Fernando Diniz -, em busca da necessária recuperação.

A partir das 19h30 desta quinta-feira, o time enfrentará o São Paulo, no Morumbi, em duelo válido pela 31ª rodada.

Diniz chegou ao Fluminense no início do ano, mas deixou o comando da equipe após 15 jogos no Brasileirão, com o time tendo somado 12 pontos e vencido apenas três compromissos, desempenho que o levava a ocupar a zona de rebaixamento, cenário que não se alterou passados mais 15 compromissos.

Por fuga do rebaixamento, Fluminense visita o São Paulo - Lucas Merçon / Fluminense FC
Por fuga do rebaixamento, Fluminense visita o São Paulo

"Não adianta estudar o time e buscar surpreender. Acho que quem errar menos vai conseguir se sobressair", disse o volante Yuri, sobre o reencontro com o treinador.

NA MEMÓRIA

Os resultados ruins com Diniz foram, inclusive, lembrados nesta semana pelo vice-presidente Celso Barros, o que, somada a outras declarações polêmicas sobre o desempenho da equipe em campo, ampliaram o desentendimento com o presidente Mário Bittencourt.

Ele inclusive não permitiu a presença de Celso na delegação que viajou para São Paulo e depois seguirá para Porto Alegre, palco do duelo de domingo com o Internacional.

Assim, como se já não bastasse o desempenho ruim dentro de campo, o Fluminense ainda possui problemas fora de campo a resolver.

EM CAMPO

Dentro dos gramados, o Fluminense precisa encerrar um jejum de cinco jogos sem vitórias, com apenas dois pontos somados nesses compromissos.

Para isso, terá de melhorar a sua produção ofensiva, pois não foi às redes nas últimas duas partidas. E o desempenho é ainda pior quando a equipe é visitante, com três jogos longe do Maracanã sem gols.

"A gente cria, cria, cria, até pela forma de jogar. Agora temos de transformar em gol. Precisamos treinar bastante para melhorar isso", disse Yuri.

PRESSÃO

O reencontro com Diniz também será uma tentativa de o Fluminense evitar a passagem por nova mudança de técnico de 2019.

Tricolor deve ter o mesmo time da última rodada em São Paulo - Lucas Merçon / Fluminense FC
Tricolor deve ter o mesmo time da última rodada em São Paulo

Afinal, Marcão, que foi o escolhido para suceder Oswaldo de Oliveira, está pressionado há algumas rodadas no cargo, com o empate no clássico contra o Vasco, no fim de semana, tendo lhe dando alguma sobrevida no cargo.

QUEM JOGA?

Para seguir à frente do Fluminense, Marcão vai pela primeira vez repetir a escalação da equipe entre um jogo e outro, com Paulo Henrique Ganso atuando mais próximo da dupla de ataque composta por Marcos Paulo e Yony González.

E a manutenção da formação também será possível porque o lateral Gilberto está recuperado de uma leve entorse no tornozelo.

Dessa vez, porém, o treinador optou por não relacionar o atacante João Pedro, revelação das divisões de base do clube, por opção técnica, sob a avaliação de quem vem rendendo pouco nos treinamentos.