Italiano: Jogadores e comissão técnica do Napoli estão em 'racha' com presidente

Por conta da má fase - não vence há 4 jogos -, o dirigente ordenou que o elenco seguisse em um hotel, mas não foi atendido

Publicado em .

Por conta da má fase - não vence há 4 jogos -, o dirigente ordenou que o elenco seguisse em um hotel, mas não foi atendido

Campinas, SP, 06 - O clima não está nada bom no Napoli. Depois do empate por 1 a 1 contra o Red Bull Salzburg, em Nápoles, na terça-feira, pela Liga dos Campeões da Europa, os jogadores descumpriram uma ordem do presidente Aurelio de Laurentiis e voltaram para casa.

No dia anterior, por conta da má fase do time - não vence há 4 jogos -, o dirigente ordenou que o elenco seguisse concentrado em um hotel próximo ao centro de treinamento do clube até este domingo, um dia depois da partida contra o Genoa, pelo Campeonato Italiano.

No entanto, após o apito final do jogo contra o Red Bull Salzburg, em que o Napoli teria se classificado antecipadamente às oitavas de final caso vencesse, o ônibus da delegação voltou vazio para o CT, já que os jogadores preferiram retornar para as respectivas residências em seus carros.

NÃO FOI BEM ACEITA

A ordem do presidente também não foi bem digerida pelo experiente técnico Carlo Ancelotti, que afirmou que iria respeitá-la por questão de hierarquia no clube. Os jogadores mostraram estar ao lado do treinador. Dentro de campo, após o atacante mexicano Lozano marcar o gol de empate, todos foram comemorar com Ancelotti no banco de reservas.

Além disso, o treinador não apareceu para a coletiva de imprensa após a partida - o que ocasionará uma multa ao time, já que o protocolo obriga o técnico a aparecer para entrevista depois do jogo. O centroavante espanhol Fernando Llorente, jogador escolhido para a coletiva, também não apareceu.

Apenas o atacante Lorenzo Insigne falou ainda no gramado do estádio San Paolo.

"Atravessamos um período um pouco difícil, mas temos de levantar a cabeça e continuar trabalhando. Falta continuidade à equipe, não podemos fazer um bom jogo e logo em seguida um ruim. Mas hoje (terça-feira) penso que jogamos bem, mas não fomos felizes", disse.

COMUNICADO

Nesta quarta-feira, a direção do Napoli anunciou em um comunicado que o clube, após os episódios com os jogadores, "procederá a favor da proteção dos seus direitos econômicos, patrimoniais, de imagem e disciplinares".

Quanto a Ancelotti, o clube responsabiliza o técnico "pelos dias de concentração da equipe", depois de este ter reconhecido publicamente que não estava de acordo com a opção do presidente em realizar o retiro.

No Campeonato Italiano, o Napoli não venceu os últimos três compromissos - dois empates e uma derrota - e, com isso, ocupa a sétima colocação, 11 pontos distante da líder Juventus.