São Caetano 1 x 0 EC São Bernardo - Azulão garante vitória no início e avança à final

Jean Dias fez o único gol do jogo, que ajudou o Azulão a avançar a decisão e de quebra conquistar uma vaga nacional em 2020

Publicado em .

Jean Dias fez o único gol do jogo, que ajudou o Azulão a avançar a decisão e de quebra conquistar uma vaga nacional em 2020

São Caetano do Sul, SP, 02 (AFI) - O São Caetano está na final da Copa Paulista. Na tarde deste sábado (02), o time azulino fez jus ao fator casa para vencer o clássico do ABC, diante do EC São Bernardo, pelo placar de 1 a 0, no Estádio Anacleto Campanella, para se sagrar o primeiro finalista do torneio. No jogo de ida, as duas equipes haviam ficado no empate pelo placar de 2 a 2. O único gol do jogo foi marcado por Jean Dias, ainda no primeiro tempo.

Além da vaga na decisão, o São Caetano garante uma vaga em competições nacionais em 2020. Isso porque, como é previsto em regulamento, os dois finalistas tem o direito de escolher uma vaga entre a Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro do próximo ano, no qual o campeão escolhe com qual quer ficar e o vice pega a que sobrar.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS DO DUELO TRANSMITIDO PELA FOX

Na grande final, Azulão rá enfrentar o XV de Piracicaba, que também neste sábado venceu o Mirassol, por 1 a 0 e garantiu vaga após o empate por 2 a 2 no jogo de ida. As duas partidas da decisão devem ser marcados para os próximos finais de semana. Por ter melhor campanha, com 49 pontos somados no total, o São Caetano faz o segundo jogo em casa. O XV somou 46.

São Caetano vence e está na final (Foto: Leonardo Lima)
São Caetano vence e está na final (Foto: Leonardo Lima)

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o São Caetano começou a partida tomando as rédeas do duelo, com mais posse de bola e criando as melhores chances dos primeiros minutos. Tanto que conseguiu abrir o placar logo aos oito minutos, quando Jean Dias recebeu na área pelo lado direito, limpou o marcador e bateu cruzado. Ele ainda contou com um desviou na zaga para matar o goleiro Junior Souza, que só olhou a bola entrar.

A resposta do EC São Bernardo veio aos 21, após um escanteio cobrado na área, Dema testou firme, mas a bola pegou muita força e saiu por cima do gol. Já aos 33 foi a vez do volante Wesley aparecer como homem surpresa no ataque e chutar cruzado. A zaga tentou cortar e quase fez contra, no rebote Johnny ainda tentou completar para o gol, mas sem sucesso. Nos minutos finais a partida seguiu movimentada, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial dos donos da casa.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, apesar da vantagem, o São Caetano retornou para o segundo tempo fazendo pressão na área adversária. Aos 10 minutos, Marlon recebeu um toque açucarado na entrada da área e soltou o pé, obrigado o goleiro Júnior Souza a fazer a defesa em dois tempos. A partir daí, o EC São Bernardo conseguiu se soltar e equilibrar a partida, tanto que em uma cobrança de falta de Vinicius Barba, quase deixou tudo igual no placar.

Três minutos depois, em mais uma jogada de bola parada, Vinicius Barba cruzou na área, a bola ficou viva e Mariano tentou completar de carrinho, mas a bola saiu pela linha de fundo. Já aos 21 veio a resposta do São Caetano, em um contra-ataque rápido, Anderson Rosa fez ótima jogada e rolou para Jean Dias, que tentou tirar do goleiro, mas mandou para fora.

Porém nos minutos finais, o EC São Bernardo seguiu abusando das jogadas de bola parada em busca do gol de empate. A melhor chance veio 31 minutos, quando em jogada ensaiada, Vinicius Barba tocou para Wesley que chutou firme, obrigando o goleiro do São Caetano a fazer um verdadeiro milagre. Nos minutos finais, o duelo seguiu da mesma forma, mas o duelo terminou mesmo com a vitória dos donos da casa por 1 a 0.