Vera Cruz Campinas perde mais uma vez e Sampaio Basquete é campeão da LBF

Com o triunfo, no Ginásio Costa Rodrigues, no Maranhão, o time maranhense fechou a série da final por 3 a 0

Publicado em .

Com o triunfo, no Ginásio Costa Rodrigues, no Maranhão, o time maranhense fechou a série da final por 3 a 0

São Luís, MA, 22 (AFI) - O Sampaio Basquete voltou a vencer o Vera Cruz Campinas, desta vez por 76 a 70, nesta quinta-feira, e se sagrou campeão a Liga de Basquete Feminino da temporada de 2019. Com o triunfo, no Ginásio Costa Rodrigues, no Maranhão, o time maranhense fechou a série da final por 3 a 0.

Foi o segundo título da equipe maranhense na história da LBF. O Sampaio havia sido campeão na temporada 2015/2016, na sexta edição da liga.

Após sofrer apenas três derrotas (com 15 vitórias) na fase de classificação e terminar na segunda colocação, justamente atrás do Vera Cruz, o time do técnico Cristian Santander engatou sete triunfos consecutivas, passando por Ituano nas quartas de final, Santo André/Apaba/Caoa Chery na semifinal e superando o time de Campinas na decisão.

Sampaio Corrêa conquista bicampeonato nacional de basquetebol
Sampaio Corrêa conquista bicampeonato nacional de basquetebol

Raphaella Monteiro foi eleita a MVP da temporada da LBF e Tainá Paixão ficou com prêmio de melhor jogadora das finais.

No jogo 3 da decisão, o Sampaio teve uma atuação irregular no primeiro tempo, quando foi para o intervalo perdendo por 34 a 30, mas se recuperou e, com uma boa atuação coletiva, virou o placar no terceiro período e segurou sua vantagem até o fim.

Destaque para Tati Pacheco, que anotou 17 pontos e terminou como cestinha do jogo. Tainá Paixão (15), Scaife (14) e Jackson (13) também contribuíram na parte ofensiva. Clarissa anotou apenas quatro pontos, mas pegou 16 rebotes, sendo nove ofensivos.

O Sampaio chegou ao título com quatro medalhistas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima: Tainá Paixão, Clarissa, Tati Pacheco e Raphaella Monteiro.

Do outro lado, o Vera Cruz Campinas deixou escapar o bicampeonato. O jogo foi o de despedida do técnico Antonio Carlos Vendramini, que se aposentou depois de muitos anos de serviços ao basquete feminino.