De olho na semi da Sul-Americana, Atlético-MG deverá ter reservas contra o Bahia

Time mineiro encara o Tricolor Baiano no sábado, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro

Publicado em .

Time mineiro encara o Tricolor Baiano no sábado, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro

Belo Horizonte, MG, 22 - Com as atenções todas voltadas para a Copa Sul-Americana, o técnico Rodrigo Santana deve confirmar nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, que vai utilizar um time reserva do Atlético-MG, neste sábado, às 11 horas, contra o Bahia, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois da vitória na última terça-feira por 2 a 1 sobre o La Equidad, no jogo de ida das quartas de final da competição sul-americana, os jogadores titulares fizeram trabalhos físicos na academia pelo segundo dia consecutivo. O grupo recarrega a parte física para o duelo de volta, na próxima terça, em Bogotá, na Colômbia.

Para o jogo no Brasileirão diante do Bahia, quando o Atlético-MG vai tentar a terceira vitória consecutiva em casa, Rodrigo Santana deve escalar: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Léo Silva e Lucas Hernández; Ramón Martínez; Otero, Nathan, Luan (Vinícius ou Cazares) e Geuvânio; Alerrandro.

Foto: Bruno Cantini / Atlético
Foto: Bruno Cantini / Atlético
VALE MUITO
O veterano zagueiro Leonardo Silva adverte para a importância de um resultado positivo diante do Bahia. "Está todo mundo chegando. Estão bem disputadas as posições ali no G4, então a gente tem que procurar fazer um bom jogo. O Rodrigo (Santana) vai utilizar os atletas que ele tem disponíveis no elenco, colocar o melhor time em campo para que a gente consiga a vitória, pensando em se manter nessa disputa e, até mesmo, se distanciar daqueles que estão mais abaixo e se aproximando", comentou o defensor, referindo-se ao quinto lugar do time, com 27 pontos, apenas cinco atrás do líder Santos.

Ao mesmo tempo, o jogador de 40 anos prevê dificuldades por causa da qualidade do adversário, 10.º colocado com 21 pontos. "Acredito que vai ser um jogo difícil. O Bahia é uma equipe organizada também, que surpreende, tem um ataque forte, rápido, e contra ataque bem definido. Vamos estudar bastante o Bahia para fazermos um grande jogo", completou.