Internacional vê estratégia ruir com primeiro gol marcado pelo Flamengo

Time gaúcho desmoronou após Bruno Henrique abrir o placar no Maracanã

Publicado em .

Colorado desmoronou após Bruno Henrique abrir o placar no Maracanã

Porto Alegre, RS, 22 - Um gol que não traduzia o momento da partida acabou sendo determinante para a dura derrota do Internacional por 2 a 0 para o Flamengo, na noite de quarta-feira, no Maracanã, no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

Essa foi a avaliação do técnico Odair Hellmann, apontando que o time gaúcho fechava bem os espaços e conseguia controlar o duelo até o primeiro dos dois gols de Bruno Henrique.

"O jogo, estrategicamente, foi muito bem pensado e conseguimos traduzir dentro de campo, até o primeiro gol do Flamengo, num momento em que o jogo estava frio. Nós já começávamos a construir no campo de ataque. Mas aí perdemos uma bola na tentativa de criação, saiu o primeiro gol e depois desestabilizamos", disse o treinador.

EXPLICAÇÕES

Odair, assim, defendeu a postura do Inter no duelo com o Flamengo, de atuar mais fechado, praticamente abdicando de atacar. Mas também reconheceu que o adversário mereceu conquistar o resultado positivo.

"O Flamengo mereceu a vitória, temos que respeitar isso. Nós tínhamos uma estratégia e ela funcionou muito bem até esse momento", avaliou.

Com a derrota por 2 a 0, o Inter precisará de um triunfo por três gols de diferença na próxima quarta-feira no Beira-Rio para avançar às semifinais da Libertadores. Para isso, o time aposta em um clima de pressão para superar o adversário.

"Da mesma forma que foi criado o ambiente aqui, também vamos criar lá", concluiu Odair.

E AGORA?

Antes de reencontrar o Flamengo, o Inter terá compromisso pelo Campeonato Brasileiro. No domingo, o time vai enfrentar o Goiás, fora de casa, pela 16ª rodada. O treinador deve utilizar uma formação composta basicamente por reservas no Serra Dourada.