Santos-AP 1 x 1 Bragantino-PA - Braga busca empate e segue vivo na Copa Verde

Como venceu a partida de ida, o empate foi suficiente para o time paraense avançar às quartas de final

Publicado em .

Como venceu a partida de ida, o empate foi suficiente para o time paraense avançar às quartas de final

Macapá, AP, 14 (AFI) - O Bragantino-PA segue vivo na disputa da Copa Verde. O time paranese arrancou empate por 1 a 1 com o Santos-AP, no Zerão, em Macapá, pela partida de volta das oitavas de final da competição.

Como tinha vencido o jogo de ida, no Diogão, por 1 a 0, o empate foi suficiente para o Bragantino avançar para as quartas de final.

O próximo adversário será o vencedor do confronto entre Nacional-AM e Paysandu. No jogo de ida, mesmo jogando no estádio da Colina, em Manaus, o Papão venceu por 1 a 0 e tem boa vantagem para decidir na Curuzu, em Belém, na próxima semana.

BRAGA ASSUSTA NO CONTRA-ATAQUE
A primeira etapa foi equilibrada, com o Santos tomando mais a iniciativa e o Bragantino jogando no contra-ataque. A estratégia deu certo para o time visitante, que criou as principais chances até o intervalo.

Nas melhores oportunidades do Braga, Bruno tentou cruzamento e quase surpreendeu o goleiro Pezão e, pouco depois, Rafinha bateu colocado e a bola passou raspando a trave.

GOL E EXPULSÃO
No segundo tempo, o Santos mostrou mais força e por pouco não abriu o placar em cobrança de falta de Willian Fazendinha, que obrigou o goleiro Axel a praticar bela defesa.

O crescimento do time da casa deu resultado aos 15 minutos. O lateral-esquerdo Batata cruzou e o experiente centroavante Jean Marabaixo, de 41 anos, completou para o fundo do gol.

Apenas quatro minutos mais tarde, a situação se complicou para o Peixe. O volante Lessandro fez falta dura no meio de campo e recebeu cartão vermelho.

RESPOSTA PARAENSE
Com um jogador a mais, o Bragantino logo respondeu e, aos 23 minutos, Rafinha deixou tudo igual. O meia, que entrou ainda na primeira etapa no lugar do lesionado Wendel, recebeu na entrada da área e tocou na saída do goleiro para empatar a partida.