Após Robben e Van Persie, Wesley Sneijder anuncia aposentadoria do futebol

O meia de 35 anos trabalhar como colaborador do Utrecht

Publicado em .

O meia de 35 anos trabalhar como colaborador do Utrecht

São Paulo, SP, 12 - Em um período de pouco mais de três meses, a Holanda ficou sem três de seus principais jogadores de uma geração que chegou a uma final de Copa de Mundo. Após os atacantes Robin Van Persie e Arjen Robben, foi a vez nesta segunda-feira de o meia Wesley Sneijder confirmar que está se aposentando do futebol.

O atleta de 35 anos, com passagens importantes por times como Ajax, Real Madrid e Inter de Milão, estava jogando no futebol do Catar, defendendo o Al Gharafa.

Sneijder confirmou a sua decisão em um programa da TV oficial do Utrecht, clube holandês da sua cidade natal. O agora ex-jogador anunciou que irá trabalhar como colaborador no time.

"Agora que deixei de jogar futebol, quero ter um bom lugar onde possa compartilhar minhas experiências", disse.

O meia Wesley Sneijder anunciou sua aposentadoria dos gramados aos 35 anos
O meia Wesley Sneijder anunciou sua aposentadoria dos gramados aos 35 anos
FEZ HISTÓRIA
Com 134 jogos, Sneijder é o jogador com mais atuações pela seleção holandesa e, com 33 assistências, o atleta com mais passes para gol pela equipe nacional neste século. Com a Holanda, ele foi vice-campeão do Mundial em 2010 - perdeu a final para a Espanha por 1 a 0, na prorrogação, na África do Sul.

Nesta Copa do Mundo, Sneijder foi o autor do gol que eliminou a seleção brasileira na virada da Holanda por 2 a 1, nas quartas de final. O meia também participou do primeiro gol, cruzando a bola que foi desviada pelo volante Felipe Melo.

Revelado pelo Ajax, o ex-jogador conquistou 21 títulos em sua carreira. O melhor momento foi justamente em 2010, quando conquistou a "tríplice coroa" com a Inter de Milão, treinada pelo português José Mourinho: Liga dos Campeões da Europa, Campeonato Italiano e Copa da Itália.

DECLÍNIO
Justamente depois de 2010 começou o seu declínio técnico. Em 2013, assinou com o Galatasaray, da Turquia, onde ainda conseguiu fazer boas partidas. Em 2017 chegou ao Nice, da França, mas sua passagem pelo futebol francês foi rápida e cinco meses depois foi para o Catar, onde disputou as suas últimas partidas como jogador profissional pelo Al Gharafa.

Além dos títulos pela Inter de Milão, Sneijder ganhou um Campeonato Holandês e duas Copas da Holanda com o Ajax, um Campeonato Espanhol com o Real Madrid, uma Copa das Estrelas do Catar com o Al Gharafa e dois Campeonatos Turcos, três Copas da Turquia e três Supercopas da Turquia com o Galatasaray.