Felipão vê acerto em expulsão de Felipe Melo e avisa: 'Vamos conversar de novo'

"Acabou sendo um resultado ruim, não era o que esperávamos. Foi na luta", afirmou o lateral-esquerdo Diogo Barbosa

Publicado em .

"Acabou sendo um resultado ruim, não era o que esperávamos. Foi na luta", afirmou o lateral-esquerdo Diogo Barbosa

São Paulo, SP, 11- O técnico Luiz Felipe Scolari e os jogadores do Palmeiras afirmaram que a expulsão do volante Felipe Melo, ainda no primeiro tempo do empate por 2 a 2 diante do Bahia, neste domingo, no Allianz Parque, dificultou a busca pela vitória. O treinador cobrou o jogador publicamente, avisando que terá mais uma conversa com o meio-campista para que isso tipo de incidente não se repita.

O Palmeiras atuou toda a segunda etapa com um jogador a menos. Nos acréscimos do primeiro tempo, em uma jogada aérea, Felipe Melo acertou o braço esquerdo no rosto do atacante Lucca. O árbitro Igor Benevenuto entendeu como agressão e aplicou o cartão vermelho para o volante.

Felipão afirmou que a expulsão foi correta e disse estar fazendo um trabalho personalizado com o jogador para evitar lances semelhantes e que excessos de cartões amarelos que possam desfalcar o time e prejudicar a imagem do atleta.

PREJUDICOU!
Até ser expulso, Felipe Melo fazia uma boa partida contra o Bahia. Nos últimos jogos do Palmeiras, ele marcou dois gols: um no empate por 1 a 1 com o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, e outro nos 2 a 2 contra o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

"Estamos trabalhando durante o ano e hoje tivemos esse momento da expulsão. Antes, não tivemos nada tão crucial ou diferente. Estava administrando situações normais de lances em que levava cartão amarelo, cinco ou seis em determinada situação. Hoje a falta era nítida para que fosse expulso. Já conversamos, vamos conversar de novo, mostrar o vídeo, o lance, saber a razão daquilo", explicou o treinador.

COMPLICADO
Para o lateral Diogo Barbosa, com um jogador a menos em campo ficou difícil para o Palmeiras conseguir a vitória.

Felipão - Foto: Divulgação / SE Palmeiras
Felipão - Foto: Divulgação / SE Palmeiras
"Acabou sendo um resultado ruim, não era o que esperávamos. Foi na luta, conseguimos fazer o gol, mas o VAR deu o pênalti, não tem como discutir. Com um a menos, é difícil", disse.

VEM GANCHO AÍ?
Na súmula do jogo, já disponibilizada no site da CBF, o árbitro justificou a expulsão de Felipe Melo.

"Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva na disputa da bola: por golpear com o braço, o rosto do seu adversário, Sr. Lucca Borges de Brito, número 11, com o uso de força excessiva, na disputa de bola. O atleta atingido necessitou de atendimento médico".