Classificado para a 3ª fase, time da Segundona entra em greve por falta de pagamento

Sem receber salários há três meses, o elenco não treinou na manhã desta quarta-feira (07)

Publicado em .

Sem receber salários há três meses, o elenco não treinou na manhã desta quarta-feira (07)

Fernandópolis, SP, 07 (AFI) - Um fato já está se tornando rotineiro na segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão: equipes entrarem em greve por problemas financeiros. Após isso acontecer com União Suzano e Matonense, a crise pegou agora o Fernandópolis. Sem receber salários há três meses, o elenco não treinou na manhã desta quarta-feira (07).

Um dos atletas, que não teve o nome revelado, afirmou que a diretoria está prometendo pagar os salários atrasados a algum tempo. Cansados de esperar, o elenco marcou uma reunião e resolveram que só irão entrar em campo para treinar mediante ao pagamento do que está atrasado.

Elenco do Fernandópolis entra em greve por falta de pagamento
Elenco do Fernandópolis entra em greve por falta de pagamento
Por outro lado, porém, o grupo afastou a chance de WO na última rodada da segunda fase e confirmou que mesmo sem treinar, irão jogar no domingo. Do outro lado, o presidente do clube Oclécio Dutra disse em entrevista à imprensa da cidade, que está fazendo de tudo para saldar as dívidas mas afirmou que são pendências de dois meses e não três.

"Estou fazendo de tudo. Não posso tirar mais dinheiro do meu bolso porque já não tenho mais. Mas com o pouco que resta ao clube, estou tentando dar vale aos jogadores, pagar alguns boletos que eles me pedem com mais urgência. Mas não está fácil".

DENTRO DE CAMPO..
Apesar da crise fora de campo, dentro das quatro linhas o Fernandópolis está em boa fase. Com 11 pontos ganhos, o Fernandópolis é lider do Grupo 7 e já tem vaga garantida na terceira fase do estadual. Neste domingo (07), o Fefecê encerra a segunda fase diante do Vocem, em casa, no Estádio Cláudio Rodante, às 10h.