Em busca de recuperação, André Gaspar pega rival do título da Copa da Coreia

Daegu, time treinado pelo brasileiro, não sabe o que é perder do Ulsan Hyundai há quatro jogos

Publicado em .

A

Campinas, SP, 07 (AFI) - O Daegu volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o líder Ulsan Hyundai, em jogo válido pela 25ª rodada da Liga da Coreia.

O clube dirigido pelo técnico André Gaspar, atualmente quinto colocado, tem como objetivo conquistar a vitória na casa do adversário para se reaproximar do G4.

Na última sexta-feira, o time de Yeongnam foi derrotado pelo Seoul, em terceiro lugar, fora de casa, por 2 a 1. O Daegu levou o primeiro gol logo nos primeiros minutos, mas teve grande oportunidade de empatar antes do intervalo com o atacante Cesinha, responsável por desperdiçar pênalti, e em razão da expulsão do zagueiro adversário Kim Woo-Seok.

"Mesmo ao levar o gol muito cedo, tivemos a oportunidade de empatar na primeira etapa e o fato de ter um atleta a mais. Porém, é necessário ter tranquilidade para corrigir os erros para que as vitórias possam acontecer na sequência da competição", comentou o treinador.

Sob comando de André Gaspar, Daegu pega rival por recuperação na Liga da Coreia
Sob comando de André Gaspar, Daegu pega rival por recuperação na Liga da Coreia

FOCO

O objetivo de André Gaspar é retomar a concentração total nas próximas partidas. A missão, inclusive, não será das mais fáceis: o líder Ulsan, com 54 pontos. Os dois times, aliás, já se enfrentaram em duas oportunidades na temporada, mas nenhum saiu vencedor.

"Estamos trabalhando forte em busca da recuperação de alguns atletas, os quais estão desfalcando o time num momento importante do torneio. Vamos enfrentar o líder. Conhecemos o oponente muito bem após dois empates. Vamos lutar pelo resultado positivo mesmo fora de casa", garantiu o brasileiro.

INVENCIBILIDADE

Se o Ulsan Hyundai é líder absoluto, o Daegu não sabe que é perder do oponente há quatro jogos, com dois empates neste ano e duas vitórias - na final da Copa da Coreia, os comandados de André Gaspar venceram por 2 a 1 e 3 a 0, em jogos de ida e volta, na conquista do título inédito.